Vettel fica com a pole e Fernando Alonso, mais perto do título da F1

Webber, que também luta pelo título, fica apenas na quinta colocação; Lewis Hamilton em segundo

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2010 | 12h33

Ali Hader/EFE

Vettel (c) comemora a pole; Hamilton e Alonso em segundo e terceiro, respectivamente

ABU DABI - Sebastian Vettel fez a pole position para a etapa decisiva da temporada da Fórmula 1, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes. Mas quem deixou a pista de Yas Marina com um sorriso no rosto foi Fernando Alonso, que ficou ainda mais perto do tricampeonato mundial. O espanhol fez o terceiro melhor tempo e viu seu principal concorrente, Mark Webber, se classificar apenas na quinta colocação, num de seus piores treinos na temporada.

Veja também:

especialA temporada 2010 da Fórmula 1

linkFavorito, Alonso se diz confiante com 3.º lugar no grid

linkWebber se diz decepcionado, mas mantém esperança

linkRei das poles, Vettel quer deixar matemática para depois

linkMassa diz ter sido prejudicado por Hamilton no treino

link'Não tenho nada a perder e muito a ganhar', diz Hamilton

linkBarrichello se diz surpreso com 7.º lugar

Se Vettel confirmar o favoritismo e vencer a corrida, Alonso pode chegar até em quarto lugar para faturar o título. Já o alemão, para ganhar o campeonato, terá que vencer e torcer para que o ferrarista termine de quinto para trás. Webber, por sua vez, ficou em situação muito delicada: terá que ganhar e torcer para que Alonso fique no máximo em terceiro. O problema para se fazer uma corrida de recuperação é que o circuito de Abu Dabi oferece poucos pontos de ultrapassagem.

Dos brasileiros, o que teve desempenho mais destacado no treino oficial foi Rubens Barrichello, que levou sua Willliams ao sétimo lugar, bem à frente de seu companheiro, Nico Hulkenberg, pole no GP Brasil e que foi eliminado logo no Q1. Felipe Massa segue com problemas de aquecimento de pneus de sua Ferrari e se classificou apenas em sexto, um milésimo à frente de Barrichello. Lucas di Grassi foi o 22.º, uma posição melhor que Bruno Senna.

A surpresa do treino, além do mau desempenho de Webber, foi a eliminação de Robert Kubica no Q2. O polonês da Renault vinha em boa volta, com três milésimos abaixo da pole, quando errou na tomada de uma curva e não conseguiu melhorar seu tempo - ficou em 11.º. 

O Q2 ainda teve um entrevero entre Lewis Hamilton e Felipe Massa. O inglês atrapalhou uma volta rápida do brasileiro e passou por cima de uma câmera. Pelo rádio, no entanto, o piloto da McLaren disse que foi jogado para fora da pista.

O GP de Abu Dhabi, disputado em 55 voltas, começará as 11 horas (de Brasília) deste domingo.

Confira o grid de largada:

1) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min39s394

2) Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min39s425

3) Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min39s792

4) Jenson Button (ING/McLaren), 1min39s823

5) Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min39s925

6) Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min40s202

7) Rubens Barrichello (BRA/Williams), 1min40s203

8) Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1min40s516

9) Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min40s589

10) Vitaly Petrov (RUS/Renault), 1min40s901

11) Robert Kubica (POL/Renault), 1min40s780

12) Kamui Kobayashi (JAP/BMW Sauber), 1min40s783

13) Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min40s914

14) Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber), 1min41s113

15) Nico Hulkenberg (ALE/Williams), 1min41s418

16) Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India), 1min41s642

17) Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), 1min41s738

18) Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 1min41s824

19) Jarno Trulli (ITA/Lotus), 1min43s516

20) Heikki Kovalainen (FIN/Lotus), 1min43s712

21) Timo Glock (ALE/Virgin), 1min44s095

22) Lucas di Grassi (BRA/Virgin), 1min44s510

23) Bruno Senna (BRA/Hispania), 1min45s085

24) Christian Klien (AUT/Hispania), 1min45s296

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.