Hamad I Mohammed/Reuters
Hamad I Mohammed/Reuters

Vettel garante pole com dobradinha da Ferrari; Hamilton larga em 9º após punição

Piloto alemão cravou 1ª colocação com o tempo de 1m27s958

Estadão Conteúdo

07 de abril de 2018 | 14h18

A Ferrari confirmou o domínio no treinos no GP do Bahrein de Fórmula 1 e conseguiu garantir a dobradinha no classificatório deste sábado. O alemão Sebastian Vettel surpreendeu o companheiro de escuderia, o finlandês Kimi Raikkonen, e cravou a pole position com o tempo de 1m27s958.

+ Leia mais notícias sobre velocidade

+ Em estreia na Indy, Pietro Fittipaldi larga em 10º em Phoenix; Bourdais é o pole

+ Vettel minimiza superioridade da Ferrari em treinos livres no Bahrein

Até então, Raikkonen havia dominado todas as outras atividades. Foi o mais rápido nos dois treinos livres de sexta-feira, também fez a melhor volta no treino livre de sábado e passou em primeiro lugar no Q1 e no Q2. Mas quando valia a pole, Vettel ficou à frente.

As Mercedes apareceram logo atrás no grid, com o finlandês Valtteri Bottas em terceiro lugar e o inglês Lewis Hamilton, em quarto. O atual campeão da Fórmula 1, no entanto, foi punido com a perda de cinco posições no grid por trocar o câmbio e largará apenas em nono.

Quem se aproveitou disso foi o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que sairá em quarto lugar no grid. Seu companheiro de equipe, o holandês Max Verstappen, no entanto, decepcionou. Ele bateu no Q2 e largará apenas em 15º lugar.

A surpresa, no entanto, ficou pela quinta colocação do francês Pierre Gasly, da Toro Rosso. Ele ficou à frente do dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, que sairá em sexto, e do alemão Nico Hulkenberg, da Renault, o sétimo.

O francês Esteban Ocon, da Force India, largará em oitavo, e o espanhol Carlos Sainz, da Renault, completa a lista dos dez mais rápidos do classificatório. O GP do Bahrein de Fórmula 1 acontece neste domingo e tem largada prevista para as 12h10 (de Brasília).

Confira o grid de largada para o GP do Bahrein:

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min27s958

2.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min28s101

3.º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min28s124

4.º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min28s398

5.º - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min29s329

6.º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min29s358

7.º - Nico Hulkenberg (ALE/Renault), 1min29s570

8.º - Esteban Ocon (FRA/Force India), 1min29s874

9.º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min28s220*

10.º - Carlos Sainz (ESP/Renault), 1min29s986

11.º - Brendon Hartley (HOL/Toro Rosso), 1min30s105

12.º - Sergio Pérez (MEX/ Force India), 1min30s156

13.º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min30s212

14.º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min30s525

15.º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), sem tempo

16.º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min30s530

17.º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min31s063

18.º - Sergei Sirotkin (RUS/Williams), 1min31s414

19.º - Charles Leclerc (MON/Saber), 1min31s420

20.º - Lance Stroll (CAN/Williams), 1min31s503


* punido com a perda de cinco posições no grid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.