Paul Chiasson/ AP Photo
Paul Chiasson/ AP Photo

Vettel lamenta 4ª colocação no Canadá: 'Faltou uma volta para chegar ao pódio'

Piloto da Ferrari começou corrida na 2ª posição, mas tem problemas na largada

Estadão Conteúdo

11 de junho de 2017 | 20h06

O alemão Sebastian Vettel não teve sorte no GP do Canadá neste domingo. Logo depois de largar na segunda colocação em Montreal, viu a asa dianteira do carro ser quebrada por Max Verstappen e precisou fazer uma parada não programada nos boxes.

A partir daí, o piloto da Ferrari deu início a uma corrida de recuperação. O problema é que só conseguiu ganhar posições na parte final da prova. Deixou o companheiro Kimi Raikkonen para trás e, nas últimas voltas, ultrapassou os dois carros da Force India, terminando em quarto lugar.

"O carro estava rápido, o ritmo era ótimo. Mas estava complicado porque precisava ultrapassar muita gente. Queria estar no pódio. Perdi tempo com a Force India. Eles disputavam a posição e, por consequência, perdi algum tempo", comentou.

Com isso, o australiano Daniel Ricciardo se aproveitou e abriu distância na terceira colocação. "Não tinha muito o que fazer. Se tivesse mais uma volta conseguiria o pódio", opinou Vettel.

O piloto alemão reconheceu que não largou bem e deixou Verstappen encostar. "O problema foi que ele passou por cima de mim. Mas acho que ninguém faz isso de propósito por causa do alto risco de furar um pneu. Podíamos ter feito a troca com a entrada do safety car, mas optamos por seguir na pista. Paramos depois e perdi bastante tempo", comentou.

Ao terminar na quarta colocação e ver Lewis Hamilton vencer, Vettel viu a distância para a liderança encurtar para 12 pontos. A próxima etapa da Fórmula 1 acontecerá no GP do Azerbaijão em 25 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fórmula 1Sebastian Vettel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.