Lluis Gene/AFP
Lluis Gene/AFP

Vettel lamenta resultado no treino e admite superioridade da Mercedes na Espanha

Piloto da Ferrari largará na 3ª colocação, enquanto escuderia alemã ocupa as duas primeiras posições

Estadão Conteúdo

12 Maio 2018 | 15h46

Depois de ver a Mercedes dominar a classificação e garantir a primeira fila no grid para o GP da Espanha, o alemão Sebastian Vettel lamentou neste sábado a sua terceira colocação e admitiu que o adversário teve um desempenho bem superior no final de semana.

+ Leia mais notícias sobre Fórmula 1

+ Hamilton confirma domínio da Mercedes e faz a pole para o GP da Espanha

+ Hamilton celebra domínio da Mercedes, mas prevê corrida difícil no domingo

"Obviamente, não estou totalmente feliz, mas esperávamos que a Mercedes fosse muito forte aqui", reconheceu o piloto da Ferrari. "Tentei me recuperar e lutar pela pole, mas não foi o suficiente".

Vettel reclamou especialmente do desempenho dos pneus. E, em sua avaliação, eles não estarão muito melhores para a corrida de domingo. "Não tive uma sensação muito boa com os pneus, que têm sido instáveis durante todo o final de semana", avaliou. "Será uma longa corrida e os pneus também serão um desafio."

Ainda assim, apesar de lamentar a instabilidade dos pneus, o alemão projetou uma boa corrida. "Amanhã (domingo) será uma prova interessante, estaremos próximos (das Mercedes), assim como aconteceram nas últimas corridas."

Uma posição atrás no grid, o finlandês Kimi Räikkönen também lamentou a quarta colocação e o desempenho da Ferrari. "No fim fizemos um trabalho decente, mas obviamente não estamos satisfeitos. É difícil projetar o que vai acontecer na corrida", disse. "Tentaremos uma boa largada e veremos o que acontece."

Mais conteúdo sobre:
Sebastian Vettel Ferrari Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.