Vettel minimiza ausência da Red Bull em testes da F-1

Vice-campeão da temporada 2009 da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel minimizou a ausência da Red Bull nos primeiros testes oficiais da categoria neste ano, a partir do dia 1.º de fevereiro, em Valência, na Espanha.

AE, Agencia Estado

14 de janeiro de 2010 | 17h35

Vettel disse que será "decepcionante" ficar de fora da primeira parte dos testes, mas argumentou que os doze dias de treino são "bastante tempo" para se adaptar ao novo carro da Red Bull.

A equipe austríaca, que não terá seu novo carro pronto até o primeiro treino, fará testes no túnel de vento no início do mês, e deve participar da segunda sessão, na semana seguinte, no circuito de Jerez, na Espanha.

O alemão, de 22 anos, disse ainda que ficou surpreso com o retorno do compatriota Michael Schumacher. Mas ressaltou que ainda é cedo para fazer previsões sobre a temporada.

"É muito difícil prever alguma coisa antes do início dos testes. Depois da primeira corrida, no Bahrein, nós saberemos mais", explicou. A primeira corrida do ano será disputada no dia 14 de março.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Red BullSebastian Vettel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.