Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Josep Lago/AFP
Josep Lago/AFP

Vettel minimiza domínio em teste e Hamilton diz que tempos são 'enganosos'

"É difícil avaliar onde estamos até chegarmos em Melbourne", disse o atual campeão mundial

Estadão Conteúdo

08 de março de 2018 | 21h46

Dois dos principais pilotos da atualidade, o alemão Sebastian Vettel e o inglês Lewis Hamilton minimizaram os resultados dos testes da pré-temporada da Fórmula 1, realizados nos arredores de Barcelona, nesta quinta-feira. Para Hamilton, atual campeão, os tempos foram "enganosos".

+ Massa é nono no primeiro dia de testes para Corrida de Duplas da Stock Car

"A pista está muito diferente em comparação ao que é geralmente porque eles recapearam o traçado. Então, os resultados são meio enganosos no momento. É difícil avaliar onde estamos até chegarmos em Melbourne", declarou Hamilton, após ter desempenho discreto nesta quinta, penúltimo dia da pré-temporada.

Hamilton e o seu companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, deram preferência para simulações de corrida ao longo do dia e não registraram tempos mais baixos. "Estivemos trabalhando no equilíbrio do carro nas questões que deram trabalho a nós no ano passado. Muita coisa foi removida", afirmou.

Apesar disso, o inglês diz se sentir confiante para o início do campeonato, marcado para o dia 25, na Austrália. "Eu pessoalmente me sinto forte, isso é positivo. Não sei onde estamos em comparação aos demais carros, mas nossa semana foi muito boa, muito produtiva, fizemos tudo o que precisávamos. E o carro mostrou confiabilidade fantástica."

Vettel, por sua vez, minimizou a liderança no teste desta quinta. Ele bateu o recorde não oficial do Circuito da Catalunha ao registrar a melhor marca de toda a pré-temporada até agora.

"Houve muitos tempos registrados hoje, mas o que importa é que o nosso carro foi bem ao longo de todo o dia. Completamos quase 200 voltas. E isso foi muito bom! No geral, as condições estavam melhores em comparação a ontem. É sempre difícil fazer comparações", ponderou o alemão.

Para o piloto da Ferrari, seria um erro tomar a tabela de tempos desta quinta como referência para o início do campeonato. "Seria uma conclusão errada olhar para a tabela de tempos. Há muito mais em jogo do que apenas uma volta. Acho que a pista hoje estava muito rápida. Além disso, estávamos com uma programação diferente dos demais", disse Vettel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.