Diego Azubel/Efe
Diego Azubel/Efe

Vettel minimiza tricampeonato e rejeita ser favorito para 2013

Alemão afirmou que testes não conseguiram dar a noção exata de qual equipe está melhor

Agência Estado,

14 de março de 2013 | 11h13

MLEBOURNE - O alemão Sebastian Vettel inicia a temporada 2013 da Fórmula 1 como atual tricampeão mundial, mas tentou nesta quinta-feira rejeitar a condição de favorito ao título. Antes do início das atividades do GP da Austrália, o piloto da Red Bull avaliou que os resultados anos anteriores não influenciarão neste campeonato. "Eu não acho que isso faça diferença. Eu acho que a cada ano recomeçamos do zero. Acho que todo mundo tem a mesma chance", disse.

Vettel garantiu que esquece o seu retrospecto quando está competindo, mas fez um balanço das suas conquistas e reconheceu que o primeiro título, em 2010, lhe deixou menos pressionado. "Se existe um segredo, eu acho que é não pensar sobre o que aconteceu nos últimos três anos. Eu acho que o primeiro título foi muito, muito especial. Depois eu acho que você não tem mais tanta pressão. Você já provou a si mesmo mais do que para qualquer outro que você pode fazer isso. Depois disso, obviamente, nós tivemos dois anos fantásticos novamente. Muito diferentes uns dos outros", afirmou.

Para o piloto da Red Bull, os testes coletivos da pré-temporada da Fórmula 1 não mostraram qual equipe é favorita para conquistar o título mundial. Por isso, avaliou ser difícil apontar quem começará a temporada em vantagem. "Como dissemos, os testes deste ano não foram tão conclusivos como nos anos anteriores, assim chegamos aqui sem saber o que vai acontecer. Mas eu acho que será muito emocionante assim como todos os anos, estou animado para começar", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.