Terence Tan/AP
Terence Tan/AP

Vettel nega pressão para garantir título já em Cingapura

'Não importa quando (o título será conquistado), apenas que aconteça', diz piloto da Red Bull

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2011 | 13h06

CINGAPURA - Perto de se sagrar bicampeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel mantém a cautela e evita falar em título antecipado, às vésperas do GP de Cingapura, neste final de semana. Nesta quinta-feira, o alemão afirmou que não se sente pressionado para assegurar o troféu já na corrida de domingo.

"Não sinto uma pressão extra para tentar buscar o título aqui. Temos apenas que nos lembrar de qual era nosso objetivo no início da temporada. Nosso alvo sempre foi defender o título conquistado no ano passado. Estamos em boa posição, então não há razão alguma para mudarmos isso. Não importa quando [o título será conquistado], importa apenas que aconteça", declarou o piloto da Red Bull.

Confiante, Vettel afirmou que a equipe não fará ousadias para assegurar a vitória em Cingapura. "Se houver uma chance, vamos em busca do título. Caso contrário, não há razão para fazermos alguma coisa estúpida", comentou o alemão, que descartou também uma estratégia mais contida, para evitar erros. "Não seria legal guiar o carro com o freio de mão puxado, pensando ''eu apenas tenho que terminar a corrida''", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.