Vettel prevê equilíbrio após liderar primeiros treinos

O fato de ter liderado nesta sexta-feira as duas sessões de treinos livres do GP da Hungria, que será realizado neste domingo, não iludiu o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull. Ele prevê um equilíbrio na briga direta que a sua escuderia travará contra Ferrari e McLaren neste final de semana.

AE, Agência Estado

30 de julho de 2010 | 13h06

"Eu acho que esta manhã (de sábado) realmente não dá uma imagem clara do ritmo de cada equipe, mas esta tarde (na Hungria) foi mais apertada. As Ferraris pareceram muito rápidas aqui de novo e elas vão ser rápidas amanhã (sábado) e nós também não devemos esquecer as McLarens, que provaram várias vezes neste ano que podem dar um passo à frente de sexta para sábado (dia dos treinos oficiais)", lembrou Vettel, que vem se especializando em conquistar poles e depois em fracassar nas corridas.

O piloto alemão ainda destacou que a pista do circuito de Hungaroring, em Budapeste, é "difícil, bastante acidentada e áspera", mas enfatizou que o carro da Red Bull está em boas condições para triunfar na corrida.

O australiano Mark Webber, companheiro de equipe de Vettel, também elogiou o desempenho do carro, depois de ser o segundo mais veloz na primeira sessão de treinos e o terceiro na seguinte. "Isso foi muito bom. Nós começamos com tudo o que queríamos. O carro funcionou perfeitamente e os caras (da equipe) fizeram um bom trabalho", disse o piloto, que lembrou que é preciso ter atenção ao desempenho que a Ferrari poderá apresentar neste sábado, até por não saber qual o peso de combustível que foi carregado por Fernando Alonso e Felipe Massa nos primeiros treinos.

"Você nunca sabe com qual carga de combustível os pilotos estão correndo na sexta-feira. Estou ansioso por amanhã (sábado)", reforçou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.