Andrej Isakovic/ AFP Photo
Andrej Isakovic/ AFP Photo

Vettel se diz surpreso com distância da Ferrari em relação à Mercedes no Bahrein

'A diferença entre os carros foi maior do que a gente imaginava', disse o piloto alemão

Estadao Conteudo

15 de abril de 2017 | 17h42

Em terceiro lugar no grid de largada do GP do Bahrein de Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel se mostrou surpreso com a distância da Ferrari em relação às duas Mercedes, que garantiram as duas primeiras colocações com o finlandês Valtteri Bottas e o inglês Lewis Hamilton, respectivamente.

"A diferença entre os carros foi maior do que a gente imaginava. Parecia que o Valtteri e Lewis conseguiram melhorar o tempo no setor dois, especialmente na reta", comentou o tetracampeão do mundo.

Além da preocupação com as Mercedes, Sebastian Vettel comentou também que os carros da Red Bull preocupam. O australiano Daniel Ricciardo largará em quarto lugar. O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, garantiu o quinto melhor tempo, seguido pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull.

"Acredito que a largada aqui não é tão importante, pois a primeira curva é relativamente longa. O que nos preocupou nos últimos dois dias foi o desgaste dos pneus. Acho que a corrida será definida nesse detalhe", opinou. "Também não podemos subestimar os dois carros da Red Bull. Consigo imaginar que talvez tenhamos uma disputa tripla entre Mercedes, Red Bull e nós", emendou.

O GP do Bahrein acontece neste domingo, às 12 horas (de Brasília), no circuito de Sakhir. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, largará na oitava colocação.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.