Vettel se diz surpreso por força da Red Bull em Valência

O alemão Sebastian Vettel conquistou neste domingo uma de suas vitórias mais tranquilas na Fórmula 1, ao levar o GP da Europa. Saindo da pole, ele só teve a posição ameaçada na largada, quando o inglês Lewis Hamilton dividiu a primeira curva com ele. Após o triunfo em Valência, Vettel admitiu a surpresa pela força da Red Bell no circuito espanhol.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2010 | 14h43

"É bom vencer de novo e num circuito onde não esperávamos ser tão fortes", reconheceu o alemão, terceiro colocado no Mundial de pilotos, atrás apenas das McLaren, com Hamilton e Jenson Button. "É bom marcar muitos pontos, é bom para o campeonato e estou muito satisfeito hoje (domingo)", completou.

"Eu administrei (a corrida) para conseguir uma boa vantagem", explicou Vettel, que teve a companhia de Hamilton e Button no pódio de Valência. "Quando eu soube que o Lewis teria que cumprir o drive-through eu pude apenas ajustar o ritmo e tentar trazer o carro para casa", disse, lembrando a punição recebida pelo inglês.

Apesar da vitória essencial para o campeonato, Vettel não deixou de valorizar o fato de seu companheiro de equipe, o australiano Mark Webber, nada ter sofrido no grave acidente que protagonizou ainda no início da corrida. "O mais importante de hoje é o fato de o Mark ter tido um grande susto mas estar bem", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.