Vettel se vê na briga por título da F1 após vitória

O alemão Sebastian Vettel chegou aos 165 pontos no Mundial de Fórmula 1 após a vitória no GP de Cingapura, neste domingo. O resultado deixou o piloto da Red Bull na segunda colocação, 29 pontos atrás do líder Fernando Alonso, o que, segundo ele, voltou a colocá-lo na briga pelo título da temporada.

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2012 | 15h25

"Estamos melhores do que antes. Há muitas corridas pela frente e é difícil prever o que vai acontecer. Acho que o desafio está aí, mesmo que não estejamos rápidos o suficiente para vencer, precisamos conquistar pontos. É um campeonato difícil, mas estamos na disputa. Estou ansioso para as próximas corridas para alcançar meu alvo, que, no momento, é o Fernando Alonso", comentou o alemão.

A corrida deste domingo terminou pouco antes das 61 voltas previstas porque atingiu as duas horas máximas para uma prova previstas no regulamento da Fórmula 1. Por isso, Vettel avaliou que a vitória foi ainda mais importante, dado o desgaste físico sofrido por ele e pelos outros pilotos.

"Acho que foi uma das corridas mais difíceis do ano, para ser honesto. É muito longa, durou as duas horas. O circuito é de matar. Há muito desnível, não existe espaço para erros e a corrida parece que vai durar para sempre. Estou muito feliz e orgulhoso porque é uma prova muito dura. Quero dedicar esta vitória a todos da equipe", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.