Vettel sonha com a primeira vitória em Mônaco

Atual campeão da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel venceu quatro das cinco etapas da temporada deste ano. Assim, lidera o campeonato com folga e já passou a ser o grande favorito ao título. Agora, ele quer aproveitar a grande fase que vive para conquistar a sua primeira vitória no tradicional GP de Mônaco, que será disputado neste domingo.

AE, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 09h51

Vettel já disputou o GP de Mônaco três vezes e esteve perto da vitória no ano passado, quando foi superado apenas pelo seu companheiro na Red Bull, o australiano Mark Webber, e terminou em segundo lugar. Dessa vez, porém, o alemão acredita que chegou a sua hora de entrar para a galeria dos campeões da mais charmosa e famosa prova da Fórmula 1.

"Ganhar aqui é algo especial. A pista é única e a tradição é fantástica. Essas ruas estreitas e a vista para o Mar Mediterrâneo são insuperáveis. E seria muito especial colocar o meu nome ao lado dos vencedores do passado, que são heróis da Fórmula 1", afirmou Vettel. "Mas, para conseguir tal honra, é preciso muito trabalho duro."

Apesar de ter o melhor carro da Fórmula 1 na atualidade - a Red Bull leva vantagem sobre as principais rivais, como Ferrari e McLaren -, Vettel lembrou que isso não é suficiente para ganhar em Mônaco. "Essa pista é diferente de todas. Para ganhar aqui, todas as peças têm que estar no lugar certo. Mônaco segue um conjunto de fatores diferentes."

Para chegar à sonhada vitória, Vettel sabe que precisa de um bom resultado na sessão de classificação, que acontecerá neste sábado. Na quinta-feira, ele viu a evolução dos rivais e conseguiu apenas o quinto melhor tempo nos treinos livres - nesta sexta, como tradicionalmente acontece, não tem atividade de pista em Mônaco. Mas o alemão está confiante de que chegou a sua hora.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP de MônacoVettel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.