Vettel supera Webber e vence o GP da Malásia; Felipe Massa é o 5.º

A dobradinha da Red Bull foi acompanhada de perto pelo inglês Lewis Hamilton, que faturou seu primeiro pódio com a Mercedes

AE, Agência Estado

24 de março de 2013 | 07h25

SEPANG - Após um duro duelo com o companheiro Mark Webber, Sebastian Vettel faturou sua primeira vitória na temporada 2013 da Fórmula 1 ao cruzar a linha de chegada na frente no GP da Malásia, neste domingo, no Circuito de Sepang. A dobradinha da Red Bull foi acompanhada de perto pelo inglês Lewis Hamilton, que faturou seu primeiro pódio com a Mercedes. Felipe Massa largou em 2º e terminou em 5º, enquanto Fernando Alonso abandonou no início.

Com sua 27ª vitória na F1, o atual tricampeão saltou para a primeira colocação do Mundial, com 40 pontos. O finlandês Kimi Raikkonen, vencedor da etapa de abertura da temporada, ocupa o segundo posto geral, com 31. Webber soma 26 e é seguido por Hamilton (25) e Massa (22).

O brasileiro despontou na tabela à frente do companheiro de Ferrari graças ao quarto lugar na Austrália e ao quinto neste domingo. Alonso estacionou nos 18 pontos conquistados em Melbourne porque precisou abandonar a prova logo na segunda volta, após um choque com Vettel.

O Mundial de Fórmula 1 terá sequência somente no dia 14 de abril, com o GP da China, a ser disputado no Circuito de Xangai.

A CORRIDA

A largada na Malásia foi marcada por trapalhadas nas primeiras posições e pela péssima largada de Felipe Massa. O brasileiro, que não largava na primeira fila há três anos, caiu do segundo para o sexto lugar logo na saída e ainda viu Alonso fazer grande ultrapassagem para brigar pela ponta.

A 200ª corrida do espanhol na F1, contudo, não foi longe. Ele se chocou com a Red Bull de Vettel e teve o bico do carro danificado. Sem ir aos boxes, acabou abandonando na segunda volta, abrindo caminho para Massa obter bom resultado e disparar na frente do companheiro na pontuação do campeonato.

No entanto, o brasileiro não conseguiu repetir o brilho do treino classificatório. Fez corrida discreta e passou a maior parte da prova se defendendo das investidas do francês Romain Grosjean. Na segunda metade da corrida, apresentou melhor rendimento, mas não conseguiu ameaçar os carros da Mercedes. O alemão Nico Rosberg terminou em quarto, logo a sua frente.

Enquanto Massa se esforçava no pelotão intermediário, os carros da Red Bull faziam boa disputa com Hamilton. Webber assumiu a liderança ao tentar estratégia diferente da de Vettel, com pneus duros. Daí em diante, a briga na ponta se resumia à busca incessante do tricampeão pela ultrapassagem sobre o companheiro. Vettel também se defendia das raras investidas de Hamilton.

Após tentativas frustradas de passar por Webber, o alemão chegou a reclamar via rádio com a equipe. Dizia que estava mais rápido e cobrava uma decisão da Red Bull. A disputa ficou mais intensa após a terceira parada do australiano nos boxes. Vettel ficou muito próximo e acabou fazendo grande ultrapassagem na 46ª das 56 voltas da prova, assegurando a vitória.

Confira o resultado final do GP da Malásia:

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), em 1h38min56s681

2.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), a 4s298

3.º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 12s1

4.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 12s640

5.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 25s6

6.º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), a 35s5

7.º - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), a 48s4

8.º - Nico Hulkenberg (ALE/Sauber), a 53s

9.º - Sergio Perez (MEX/McLaren), a 72s3

10.º - Jean-Errc Vergne (FRA/Toro Rosso), a 87s1

11.º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 88s6

12.º - Esteban Gutierrez (MEX/Sauber), a 1 volta

13.º - Jules Bianchi (FRA/Marussia), a 1 volta

14.º - Charles Pic (FRA/Caterham), a 1 volta

15.º - Giedo van der Garde (HOL/Caterham), a 1 volta

16.º - Max Chilton (ING/Marussia), a 2 voltas

17.º - Jenson Button (ING/McLaren), a 3 voltas

18.º - Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso), a 5 voltas

Não completaram:

Pastor Maldonado (VEN/Williams)

Adrian Sutil (ALE/Force India)

Paul Di Resta (ESC/Force India)

Fernando Alonso (ESP/Ferrari)

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da MalásiaVettelMassa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.