Joe Klamar/AFP
Joe Klamar/AFP

Vettel surpreende e é o mais rápido no segundo treino livre na Áustria

Alemão quebra hegemonia da Mercedes com tempo de 1min09s600

Estadão Conteúdo

19 de junho de 2015 | 11h09

Nada como um treino após o outro. Depois de ser o último colocado na atividade inicial do GP da Áustria de Fórmula 1, pois teve problemas no câmbio da sua Ferrari, o alemão Sebastian Vettel reagiu no segundo treino livre no Red Bull Ring, em Spielberg, e foi o mais rápido da sessão, terminando a sexta-feira com a melhor volta do dia.

Vettel foi o único piloto a quebrar a hegemonia da Mercedes nas provas da temporada 2015 da Fórmula 1 ao vencer o GP da Malásia, a segunda corrida do campeonato. E o resultado do segundo treino livre desta sexta-feira aumentou a expectativa para a possibilidade de que outro impressionante domínio da equipe alemã seja interrompido neste domingo.

Desde o ano passado, a Mercedes só não faturou a pole position em uma prova, exatamente o GP da Áustria, em que o brasileiro Felipe Massa garantiu o primeiro lugar no grid de largada. Agora o desempenho de Vettel na segunda sessão desta sexta-feira mostra que há possibilidade disso se repetir.

Na sua melhor volta, Vettel registrou o tempo de 1min09s600, fazendo a melhor marca da sexta-feira e do segundo treino livre do GP da Áustria. Mas a sua vantagem para o segundo colocado, o alemão Nico Rosberg, foi mínima, de apenas 0s011, pois o piloto da Mercedes, que havia liderado a primeira sessão do dia e venceu o GP da Áustria no ano passado, marcou 1min09s611.

Rosberg foi seguido pelo outro piloto da Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, que marcou 1min09s860. O venezuelano Pastor Maldonado, da Lotus, surpreendeu ao terminar na quarta colocação, com a marca de 1min09s914, sendo o último piloto a fazer uma volta em menos de 1min10.

Atual campeão mundial e líder do campeonato, o inglês concluiu o segundo treino livre do GP da Áustria apenas em quinto lugar, com a marca de 1min10s137. Ele foi seguido pelo alemão Nico Hulkenberg, da Force India, pelo francês Romain Grosjean, da Lotus, e pelo holandês Max Verstappen, da Toro Rosso.

Após surpreender com um ótimo quinto lugar no primeiro treino livre no circuito de Spielberg, o brasileiro Felipe Nasr voltou a ficar entre os dez primeiros colocados, mas dessa vez apenas em nono lugar ao marcar o tempo de 1min10s495 com a sua Sauber. Já o mexicano Sergio Pérez, da Force India, ficou em décimo lugar.

Os carros da Williams tiveram desempenho discreto no segundo treino livre da corrida austríaca, com o brasileiro Felipe Massa ficando apenas na 15ª colocação, logo atrás do finlandês Valtteri Bottas.

Massa foi seguido pelo espanhol Fernando Alonso, da McLaren, que ficou em 16º lugar, à frente do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e do inglês Jenson Button, da McLaren.

Os pilotos voltam a acelerar no circuito de Spielberg neste sábado, quando será realizado o terceiro treino livre e a sessão de classificação, marcada para as 9 horas (de Brasília). O horário é o mesmo da largada do GP da Áustria neste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.