Vettel vence GP do Bahrein e lidera Mundial; Massa é 9º e Senna abandona

Atual bicampeão da Fórmula 1 volta ao lugar mais alto do pódio seguido por Kimi Raikkonen

AE, Agência Estado

22 de abril de 2012 | 11h11

MANAMA - Após decepcionar nas três primeiras corridas do ano, Sebastian Vettel voltou a brilhar neste domingo. O atual bicampeão da Fórmula 1 largou na pole position e venceu o GP do Bahrein de ponta a ponta, seguido de perto pelos carros da Lotus. O finlandês Kimi Raikkonen foi o segundo, no primeiro pódio em seu retorno à categoria, e o francês Romain Grosjean terminou em terceiro. Felipe Massa foi o 9º colocado, enquanto Bruno Senna abandonou a prova na penúltima volta.

A primeira vitória do ano alçou Vettel à liderança do campeonato, com 53 pontos, superando o então primeiro colocado Lewis Hamilton, que soma 49. O australiano Mark Webber, que terminou em quarto neste domingo, tem 48 pontos, seguido do inglês Jenson Button e do espanhol Fernando Alonso, ambos com 43.

Já Felipe Massa faturou seus dois primeiros pontos na temporada e segue distante dos líderes do campeonato. Bruno Senna, por sua vez, não conseguiu pontuar, como fez na Malásia e na China. O piloto da Williams, que chegou a ficar em 10º no início da prova, abandonou a corrida no fim e teve que se contentar com o 22º lugar na classificação final.

A CORRIDA - O GP do Bahrein começou com grande largada dos brasileiros Felipe Massa e Bruno Senna no pelotão intermediário. Cada um faturou cinco posições. O piloto da Ferrari saltou de 14º para 9º e chegou a figurar em 7º logo nas primeiras voltas, enquanto Bruno pulou para 10º.

No decorrer da prova, Massa se manteve melhor e protagonizou disputa constante com Fernando Alonso e Lewis Hamilton. O brasileiro chegou a apresentar mais ritmo que o companheiro de equipe, mas a Ferrari não exigiu que o espanhol abrisse caminho para Massa.

O trio, que já brilhou em seguidas disputas de título, não passou de coadjuvante no Bahrein, prova na qual o protagonismo voltou a ficar com Sebastian Vettel. O alemão largou na pole position e cruzou a linha de chegada na frente praticamente sem ser ameaçado.

Enquanto Vettel reassumia a posição que mais ocupou no ano passado, a Lotus surgia como uma nova ameaça para a Red Bull. A equipe desbancou McLaren e Mercedes neste domingo e se destacou com seus dois pilotos. Romain Grosjean fez grande largada, passando Hamilton e Mark Webber, e chegou a colar em Vettel durante a partida.

Raikkonen foi ainda melhor. O finlandês largou em 11º e galgou seguidas posições na prova até encostar em Vettel. Ele chegou a pressionar o alemão, mas não conseguiu efetuar a ultrapassagem. O atual bicampeão só conseguiu abrir vantagem sobre o rival após a terceira rodada de troca de pneus nos boxes, na 38ª volta.

Confiante, Vettel administrou sua vantagem de 3 segundos sobre Raikkonen e venceu a corrida com relativa tranquilidade. Mesmo frustrado por não acompanhar o alemão nas voltas finais, Raikkonen pôde comemorar seu primeiro pódio no retorno à Fórmula 1 - a última vez aconteceu no GP da Itália de 2009. Grosjean, por sua vez, faturou seu primeiro pódio na categoria com a considerável folga de 22 segundos sobre Webber.

A próxima etapa da Fórmula 1 será disputada na Espanha, no dia 13 de maio, com largada às 9 horas (horário de Brasília).

Confira a classificação final do GP do Bahrein:

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)

2.º - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), 3s3

3.º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), 10s1

4.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 38s7

5.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 55s4

6.º - Paul di Resta (ESC/Force India), 57s5

7.º - Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 57s8

8.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), 58s9

9.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 64s9

10.º - Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 71s4

11.º - Sergio Perez (MEX/Sauber), 72s7

12.º - Nico Hulkenberg (ALE/Force India), 76s5

13.º - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 90s3

14.º - Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), 93s7

15.º - Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso), 1 volta

16.º - Vitaly Petrov (RUS/Caterham), 1 volta

17.º - Heikki Kovalainen (FIN/Caterham), 1 volta

18.º - Jenson Button (ING/McLaren), 2 voltas

19.º - Timo Glock (ALE/Marussia), 2 voltas

20.º - Pedro de la Rosa (ESP/Hispania), 2 voltas

21.º - Narain Karthikeyan (IND/Hispania), 2 voltas

22.º - Bruno Senna (BRA/Williams), 3 voltas

Não completaram:

Pastor Maldonado (VEN/Williams)

Charles Pic (FRA/Marussia)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.