Villeneuve ataca Schumacher e Ferrari

O canadense Jacques Villeneuve bateu duro em Michael Schumacher e na equipe Ferrari. Em entrevista à revista Autosport, ele afirma não ter o menor respeito pelo pentacampeão mundial de Fórmula 1. Segundo o piloto da BAR, o alemão zomba da F1 e é nocivo para o esporte, particularmente pela insistência de ter sempre um segundo piloto subserviente."Nunca o respeitei como pessoa. Tudo o que ele e a Ferrari conseguiram este ano foi fazer pouco de tudo e de todos na F1", atacou Villeneuve.Para o canadense, o comportamento do alemão durante a polêmica das ordens da Ferrari a seus pilotos "transformou a F1 numa piada". Na Áustria, após dominar a prova, Rubens Barrichello teve de abrir passagem, a poucos metros da chegada, para a vitória de Schumacher. Em Indianápolis, o alemão tentou "armar" um empate com Rubinho. Errou o cálculo e o brasileiro venceu a prova."Rubens foi estúpido ao esperar até os metros finais na Áustria para abrir passagem e Michael foi ainda mais estúpido na premiação, ao empurrar Rubens para o primeiro lugar no pódio porque ficou preocupado com a repercussão da ?armação?. Foi um insulto à inteligência dos torcedores e a todos na F-1", disse Villeneuve.Mesmo assim, Villeneuve acha que Schumacher será o campeão de 2003 e gostaria de correr na Ferrari após o término de seu contrato com a BAR, no fim de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.