Villeneuve pede para voltar à BAR

Jacques Villeneuve se auto-intitulou como o "homem certo para substituir Jenson Button na BAR" se o piloto inglês se transferir mesmo para a Williams. "Eles precisam de alguém que se adapte rápido à equipe. Estive na BAR na sua fase mais difícil e sobrevivemos juntos. É uma questão ainda mal resolvida e tenho fome de voltar a correr", afirmou o piloto canadense, campeão da Fórmula 1 em 1997.Por via das dúvidas, já que o diretor-geral da BAR, o competente David Richards, não gosta dele, Villeneuve visitou, terça-feira, as instalações da Sauber, em Hinwil, próximo a Zurique, na Suíça. Mas na entrevista publicada nesta quinta-feira pela revista inglesa Autosport, Villeneuve tocou no ponto-chave que gerou sua demissão da BAR no fim do ano passado, dinheiro, como prova de que se pudesse, não teria nem viajado para Hinwil. "Não estou pensando em dinheiro, não é importante nesse momento", garantiu o canadense.Sobre suas brigas explícitas com David Richards, Villeneuve comentou: "O passado existe para que você possa aprender com ele." A respeito do seu empresário, Craig Pollock, que ocupava o cargo que David Richards tem hoje, Villeneuve disse que ele não teria nenhum envolvimento mais com a BAR. "Eu estarei à frente das coisas", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.