Andreas Solaro/AFP
Andreas Solaro/AFP

Viñales encerra sequência de Márquez e conquista a pole da etapa de San Marino

Piloto da Yamaha chega à quarta largada na frente da sua carreira; ele está em terceiro na tabela da MotoGP

Estadão Conteúdo

09 de setembro de 2017 | 11h38

A sequência de quatro pole positions de Marc Márquez chegou ao fim. Neste sábado, o espanhol Maverick Viñales foi o mais rápido na fase decisiva do treino de classificação da etapa de San Marino, a 13ª das 18 previstas para a temporada 2017 da MotoGP, e vai largar do primeiro lugar na prova deste domingo, no circuito de Misano Adriático.

A pole conquistada neste sábado é a quarta da carreira de Viñales, o terceiro colocado na classificação do campeonato e que faz disputa intensa pelo título com Márquez, o vice-líder, e o italiano Andrea Dovizioso, que ocupa a primeira posição.

E ela foi assegurada logo quando o espanhol não conta com a presença do italiano Valentino Rossi, seu companheiro de equipe na Yamaha, pois o multicampeão está fora da etapa de San Marino após se lesionar em um treino de enduro.

Os três principais candidatos ao título da MotoGP em 2017 também vão dividir a primeira fila do grid em Misano. Viñales assegurou o primeiro lugar com o tempo de 1min32s439, sendo seguido por Dovizioso, da Ducati, que garantiu a segunda posição no treino com a marca de 1min32s601. Márquez sofreu uma queda na curva 13 do circuito de Misano, a 19ª nesta temporada, mas ainda assim conseguiu o terceiro lugar no grid ao cravar o tempo de 1min32s636.

O melhor desempenho entre as motos que não são oficiais na MotoGP foi da LCR Honda do britânico Cal Crutchlow, o quarto colocado, com 1min32s768. Ele teve uma vantagem de apenas 0s034 para o espanhol Jorge Lorenzo, da Yamaha, que vai largar na quinta posição. O francês Johann Zarco, da Yamaha Tech 3, vai completar a segunda fila do grid, em sexto lugar.

Vencedor da etapa de San Marino no ano passado, o espanhol Dani Pedrosa, da Honda, decepcionou ao fechar o treino de classificação em um modesto em sétimo lugar. E ele foi seguido pelo italiano Danilo Petrucci, da Pramac Duacti, que havia sido o mais rápido nos treinos livres de sexta-feira em Misano.

A relação dos dez primeiros colocados do grid foi completada por dois pilotos espanhóis: Aleix Espargaró, da Aprilia, na nona posição, e Álvaro Bautista, da Aspar Ducati, em décimo lugar.

A etapa de San Marino da MotoGP vai ser disputada neste domingo, com largada prevista para as 9 horas (de Brasília) no circuito de Misano.

Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeMotociclismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.