Virgin confirma contratação de Lucas di Grassi para 2010

Ele será titular ao lado do alemão Timo Glock na equipe inglesa, com Luiz Razia como piloto de testes

AE, Agência Estado

15 de dezembro de 2009 | 08h36

Lefteris Pitarakis/AP

Timo Glock, Richard Branson - dono da Virgin - e o brasileiro Lucas di Grassi, na apresentação da equipe

LONDRES - A Virgin Racing, uma das equipes estreantes da Fórmula 1 em 2010, confirmou nesta terça-feira a contratação de Lucas di Grassi. O piloto foi anunciado como companheiro do alemão Timo Glock durante a apresentação oficial da escuderia, em Londres. O também brasileiro Luiz Razia, de 20 anos, será piloto de testes.

A contratação de Di Grassi era dada como certa desde a semana passada, quando o piloto deu entrevistas dizendo que estrearia no Mundial por uma equipe novata, sem citar o nome de sua nova casa. Mas o próprio piloto não fazia questão de esconder sua admiração pela estrutura da Manor, equipe inglesa por trás de toda a estrutura da Virgin Racing.

Di Grassi chega à Fórmula 1 após quatro temporadas na GP2, o que lhe dá uma grande vantagem sobre outros jovens pilotos que chegam à categoria - o fato de conhecer e já ter guiado em grande parte das pistas.

VEJA TAMBÉM:
\"especial\" MERCADO - A dança das cadeiras
\"lista\" F-1 - Leia mais sobre a categoria
blog LIVIO - F-1, viagens e tecnologia

O carro da categoria também não deve causar muito estranhamento ao brasileiro, já que ele trabalhou nas últimas temporadas como piloto de testes da Renault, acompanhando não apenas os trabalhos na pista, mas também os bastidores do funcionamento de uma equipe da Fórmula 1.

linkObjetivo da Virgin é ser melhor estreante, diz Di Grassi

linkBrasileiro Luiz Razia será piloto de testes da Virgin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.