Darren Staples/Reuters
Darren Staples/Reuters

Webber assina com a Porsche e deixará F-1 em 2014

Piloto australiano disputará o Mundial de Endurance com carro da montadora

AE, Agência Estado

27 de junho de 2013 | 08h57

STTUTGART - O australiano Mark Webber deixará a Fórmula 1 ao fim da atual temporada. Nesta quinta-feira, o piloto da Red Bull anunciou através de comunicado oficial em seu site a saída da principal categoria do automobilismo mundial. Ele revelou que assinou contrato com a Porsche e participará pela montadora do Mundial de Endurance do ano que vem, competição que conta com a prova das 24 Horas de Le Mans.

"É uma honra para mim me juntar à Porsche em seu retorno à principal categoria em Le Mans e no Mundial de Endurance, além de ser parte da equipe. A Porsche escreveu seu nome na história do automobilismo", declarou o piloto. "Estou muito ansioso por esse desafio depois de minha passagem na Fórmula 1. Mal posso esperar para pilotar um dos carros mais velozes no mundo."

Mark Webber deixará a Fórmula 1 aos 36 anos, depois de 12 temporadas na categoria. Ele iniciou sua trajetória em 2002, pilotando pela Minardi, passou pela Jaguar (entre 2003 e 2004), Williams (em 2005 e 2006), até chegar à Red Bull em 2007. No total, conquistou nove vitórias e subiu ao pódio 36 vezes.

Nos últimos anos, no entanto, vinha ficando à sombra de Sebastian Vettel, primeiro piloto da Red Bull. Em 2013, eles chegaram inclusive a se desentender no GP da Malásia, quando Vettel ignorou ordens da equipe e ultrapassou Webber em manobra arriscada. O australiano, no entanto, negou que sua decisão de deixar a categoria tenha a ver com isso. "Não foi isso, eu tenho um plano pessoal e estou seguindo. Este é o próximo capítulo", garantiu.

Webber ainda afirmou que recebeu propostas de outras equipes para permanecer na Fórmula 1 em 2014, mas que ela já não fazia parte de seus planos para o futuro. Com isso, o veterano piloto praticamente descartou um retorno para a categoria. "Diria que é extremamente improvável. Particularmente por causa do rumo que a categoria tem tomado. Eu ficaria fora de forma muito rapidamente."

Sem Mark Webber, a Red Bull já pensa em um parceiro para Sebastian Vettel na próxima temporada e o favorito seria o também experiente Kimi Raikkonen, campeão mundial em 2007, que está na Lotus. Outra alternativa seria o novato Daniel Ricciardo, de 23 anos, que já faz parte dos planos da Red Bull, já que pilota pela Toro Rosso, espécie de filial da equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Red BullPorscheMark Webber

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.