Arquivo/Reuters - 29/8/2009
Arquivo/Reuters - 29/8/2009

Webber diz que correu etapas finais da F1 2010 com ombro fraturado

Australiano contou em livro que precisou tomar injeções de cortisona para conseguir correr

AE-AP, Agência Estado

06 de dezembro de 2010 | 16h40

MADRI - O piloto australiano Mark Webber revelou em seu livro Up Front - 2010, A Season To Remember ("Na linha de frente - 2010, relembrando uma temporada", em tradução livre do inglês) que disputou as últimas quatro etapas da Fórmula 1 com um fratura no ombro direito. A lesão teria ocorrido após um queda de bicicleta sofrida na Austrália, logo após o GP de Cingapura, no final de setembro.

Piloto da Red Bull, Mark Webber chegou como vice-líder na última etapa da temporada, disputada em Abu Dabi - estava atrás de Fernando Alonso. Mas após terminar apenas em oitavo, caiu para terceiro na classificação geral e viu o seu companheiro Sebastian Vettel ficar com o título.

Embora não tenha culpado a fratura pela queda de rendimento nas últimas provas e pela consequente perda do título, Webber contou no livro que precisou tomar injeções de cortisona para conseguir correr nos GPs do Japão e da Coreia do Sul.

O australiano revelou ainda que escondeu a contusão até mesmo de Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull. Apenas seu treinador, Roger Cleary, e o chefe da equipe médica da FIA, Gary Hartstein, sabiam do problema de Webber.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Mark WebberRed Bull

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.