Valdrin Xhemaj/EFE
Valdrin Xhemaj/EFE

Webber lamenta preocupação com pneus após ser segundo

Australiano precisou poupar os compostos e perdeu a chance de lutar pela liderança

AE, Agência Estado

30 de junho de 2013 | 17h08

SILVERSTONE - O australiano Mark Webber conquistou o segundo lugar no GP da Inglaterra neste domingo, apenas 0,7 segundo atrás do líder da prova, o alemão Nico Rosberg. Mesmo feliz com o resultado, Webber lamentou ter chegado tão perto e não ter podido ultrapassar o rival. O excesso de preocupação com os pneus e as orientações para ficar longe das zebras também pesaram, disse ele durante entrevista coletiva.

"Com dez voltas pela frente, quando se pode ver a vitória pela frente, é um misto de sentimentos terminar sete décimos de segundo atrás", declarou o piloto da Red Bull. A frustração foi combinada com o medo de que surgissem problemas nos pneus. Em toda a corrida, quatro pilotos tiveram o pneu esquerdo traseiro arrebentado e, em um caso, foi o dianteiro da esquerda que falhou.

Questionado sobre os pedidos das equipes para que os pilotos ficassem os mais distante possível das zebras, ele comentou que é difícil ter esse controle durante a disputa por uma posição. "Não se pode ser superpreciso enquanto se está perseguindo um outro carro, na velocidade", disse. "Então são decisões que é preciso tomar... Nós gerenciamos isso da melhor forma que pudemos", declarou.

Apesar da decepção, Webber elogiou Rosberg pela conquista do GP inglês. "Teria sido um milhão de cerejas a mais no bolo se eu tivesse conseguido ultrapassá-lo, mas não consegui", comentou. "Ele mereceu vencer e nós o obrigamos a trabalhar para isso, o que foi bom e recompensador", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.