Will Power vence em Indianápolis e Castroneves é o 6º na sua 300ª prova na Indy

O australiano Will Power, da Penske, se livrou de acidente com diversos carros logo na primeira curva e conquistou a vitória neste sábado na etapa de Indianápolis da Fórmula Indy. O pódio foi completado pelo norte-americano Graham Rahal, da RLL, que terminou em segundo lugar, seguido pelo colombiano Juan Pablo Montoya, da Penske.

Estadão Conteúdo

09 de maio de 2015 | 19h37

O brasileiro Helio Castroneves, que completou 300 corridas, não teve a mesma sorte de seu companheiro de equipe, bateu logo no começo e terminou em sexto lugar, seguido pelo compatriota Tony Kanaan, da Ganassi, que chegou a pressioná-lo nas voltas finais, mas não conseguiu a ultrapassagem.

A quarta e a quinta colocações ficaram, respectivamente, com o francês Sébastien Bourdais, da KV Racing, e com o norte-americano Charlie Kimball, da Ganassi. A lista do Top 10 foi completada por Stefano Coletti, da KV Racing, em oitavo, seguido pelo japonês Takuma Sato, da A.J. Foyt, e pelo neozelandês Scott Dixon, da Ganassi.

Com o resultado, Juan Pablo Montoya continua na liderança do campeonato com 171 pontos. Power roubou a segunda colocação de Castroneves e agora soma 166 pontos, cinco à frente do brasileiro. Scott Dixon aparece em quarto com 144, mesma pontuação de Graham Rahal, o quinto. Tony Kanaan está em sexto com 136.

A largada do GP de Indianápolis teve grande influência no resultado final da corrida. Na primeira curva, Scott Dixon colocou por fora para tentar ultrapassar Will Power, mas foi atingido por Castroneves. Na sequência, Jack Hawkswortth tentou desviar e se envolveu em um acidente com Justin Wilson e Charlie Kimball.

Quem também não escapou da confusão inicial foi Josef Newgarden, que tocou Stefano Coletti e levou uma batida de James Hinchcliffe. Surgiu a primeira bandeira amarela e a relargada aconteceu apenas na quarta volta, quando Power manteve a liderança ao segurar a pressão de Simon Pagenaud, seguido por Sébastien Bourdais e Juan Pablo Montoya.

Helio Castroneves que havia largado em terceiro caiu para as últimas posições e precisou fazer uma corrida de recuperação. Teve que mudar a estratégia e, no fim das contas, o sexto lugar não foi tão ruim.

Após esta nova prova do calendário da Indy, os pilotos continuam na cidade e agora começam os preparativos para a principal etapa da temporada, as 500 Milhas de Indianápolis. Os treinos classificatórios acontecem em 16 e 17 de maio e a corrida está marcada para o dia 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.