Chris O'Meara/AP
Chris O'Meara/AP

Will Power vence em São Petersburgo e abre vantagem na Fórmula Indy

Australiano ganha a segunda na temporada e já tem 53 pontos, em corrida com pista molhada, oito líderes e dominada pela Penske

Milton Pazzi Jr., estadão.com.br

29 de março de 2010 | 13h56

O australiano Will Power venceu a etapa de São Petersburgo da Fórmula Indy, nos Estados Unidos, em dia de domínio da Penske. Com o segundo triunfo na temporada, em duas corridas, ele já soma 53 pontos e abre boa vantagem. O intruso no pódio foi o inglês Justin Wilson (Dreyer&Reinbold), segundo colocado.

Com o compatriota Ryan Briscoe em terceiro e o brasileiro Hélio Castroneves em quarto, a Penske reforça o domínio em circuitos mistos apresentados desde os testes de pré-temporada. Os outros brasileiros ficaram em posições intermediárias: Raphael Matos (Luczo Dragon) foi o oitavo, Tony Kanaan Andretti) o décimo, Mario Romancini (Conquest) o 13.º e Vitor Meira o 15.º. Bia Figueiredo não correu por não ter conseguido patrocínios a tempo.

A corrida, disputada nesta segunda-feira devido à tempestade que caiu na cidade no domingo, teve muitas alternativas de liderança em sua pista ainda úmida - e sempre ameaçada de nova chuva, o que não aconteceu. O pole Power manteve a posição na largada, mas Kanaan, então segundo colocado, não teve a aceleração necessária e despencou, terminando em décimo lugar. Depois disso, outros sete pilotos se alternaram na ponta.

DESTROÇOS

O acidente mais feio da prova aconteceu na volta 47, quando o inglês Dan Wheldon acelerava na reta e seu Panther quebrou a suspensão, perdendo o controle e atingindo o brasileiro Mario Moraes (KV) no meio, na entrada da curva 1. O impacto chama a atenção pela quantidade de destroços que deixou na pista. Nada aconteceu com eles, além da decepção de se afastar da briga pela vitória.

Na volta 64, quando Mike Conway (ING/Dreyer&Reinbold) provocou mais uma bandeira amarela na corrida, o brasileiro Vitor Meira (AJ Foyt) foi quem assumiu a ponta. Ficou por oito voltas, quando fez sua parada. Ele poderia ter tido um resultado melhor se tivesse ficado mais duas voltas na pista, pois Simona de Silvestro (SUI/HVM) bateu - e voltou -, assim como o campeão Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), em outro trecho, mas na mesma volta, o que gerou outra bandeira amarela.

Foi aí que Power voltou à ponta e de lá não saiu mais após as 100 voltas. Outro destaque foi o campeão do ano passado, Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), que fez diversas ultrapassagens e conseguiu chegar em quinto lugar.

A próxima oportunidade para que o australiano mantenha a vantagem na liderança é na etapa do Alabama, circuito misto também nos Estados Unidos, em 11 de abril.

FÓRMULA INDY 2010 - ETAPA DE SÃO PETERSBURGO

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1.º - Will Power (AUS/Penske), 100 voltas, 2h07min05s7968

2.º - Justin Wilson (ING/Dreyer&Reinbold), a 0s8244

3.º - Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 4s7290

4.º - Helio Castroneves (BRA/Penske), a 5s1699

5.º - Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), a 22s2172

6.º - Alex Tagliani (CAN/Fazzt), a 29s3224

7.º - Danica Patrick (EUA/Andretti), a 30s3360

8.º - Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon), a 30s6695

9.º - Graham Rahal (EUA/Sarah Fisher), a 30s8426

10.º - Tony Kanaan (BRA/Andretti), a 31s3508

11.º - Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti), a 31s6286

12.º - Marco Andretti (EUA/Andretti), a 32s1703

13.º - Mario Romancini (BRA/Conquest), a 39s8086

14.º - Hideki Mutoh (JAP/Newman Hass Lanigan), a 39s9949

15.º - Vitor Meira (BRA/AJ Foyt), a 56s0593

16.º - Simona de Silvestro (SUI/HVM), a 1 volta

17.º - EJ Viso (VEN/KV), a 3 voltas

Não completaram a prova:

Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), volta 73, acidente

Mike Conway (ING/Dreyer&Reinbold), volta 64, acidente

Dan Wheldon (ING/Panther), volta 46, acidente

Mario Moraes (BRA/KV), volta 45, acidente

Takuma Sato (JAP/KV), volta 24, acidente

Alex Lloyd (ING/Dale Coyne), volta 14, acidente

Milka Duno (VEN/Dale Coyne), volta 7, abandono

Mais voltas na liderança: Will Power (AUS/Penske), 50 voltas

Volta mais rápida: EJ Viso (VEN/KV), 1min03s8605, na volta 80

CLASSIFICAÇÃO

1.º - Will Power, 103 pontos

2.º - Ryan Hunter-Reay, Dario Franchitti e Justin Wilson, 59

5.º - Raphael Matos, 56

6.º - Helio Castroneves, 54

7.º - Ryan Briscoe, 51

8.º - Vitor Meira, 50

9.º - Dan Wheldon, 42

10.º - Danica Patrick, 41

11.º - Scott Dixon, Tony Kanaan e Alex Tagliani, 40

14.º - Mike Conway, 36

15.º - EJ Viso, 31

16.º - Mario Romancini e Marco Andretti, 30

18.º - Simona de Silvestro e Hideki Mutoh, 28

20.º - Takuma Sato, Mario Moraes, Alex Lloyd e Milka Duno, 24

24.º - Graham Rahal, 22

25.º - Bia Figueiredo, 21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.