Jeff Roberson/AP
Jeff Roberson/AP

Will Power vence etapa de Gateway da Indy e Rossi é segundo

Australiano da Penske conquista a 15ª das 17 provas previstas para a temporada 2018

Estadão Conteúdo

26 Agosto 2018 | 00h32

Após a chuva em Madison, no Illinois, atrapalhar a preparação dos pilotos para a etapa de Gateway da Fórmula Indy, o tempo melhorou e levou os pilotos a brindarem os fãs com uma movimentada corrida. E quem se deu melhor neste sábado foi o australiano Will Power, da Penske, que venceu a 15ª das 17 provas previstas para a temporada 2018.

A chuva em Madison impediu a realização do treino de classificação na sexta-feira, levando a definição do grid a se dar pela classificação do campeonato. Isso favoreceu o neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, que largou do primeiro lugar. Ele aproveitou a situação, foi o piloto a dar mais voltas como líder, mas acabou não sendo suficiente para conter Power.

Com um estilo ousado, Power fez diversas ultrapassagens - foram 32 em toda a corrida -, o que lhe rendeu a vitória na etapa de Gateway, que voltou ao calendário da Indy em 2017, após 14 anos ausente do campeonato. E também lhe garantiu o terceiro triunfo em 2018, sendo que ele iniciou a corrida do quarto lugar.

A vitória, porém, esteve próxima de escapar de Power graças a uma ousada estratégia de Alexander Rossi. O norte-americano da Andretti fez um pit stop a menos - três - do que os principais concorrentes, o que foi decisivo para lhe assegurar a segunda posição após 248 voltas, com uma desvantagem de apenas 1s312 para Power.

Rossi, aliás, travou uma interessante disputa com Dixon nas voltas finais. E mesmo com pouco combustível, conseguiu se defender e assegurar a segunda posição, logo à frente do rival, que iniciou a etapa de Gateway com uma vantagem de 29 pontos na classificação geral do campeonato. Agora, porém, essa distância caiu para 26, com Dixon somando 568 pontos, contra os 542 de Rossi. E Power ascendeu para o terceiro lugar na temporada, com 501.

O francês Simon Pagenaud, da Penske, foi o quarto colocado, seguido pelo norte-americano Zach Veach, da Andretti, que garantiu o quinto lugar mesmo após começar a prova da 16ª posição. Também iniciando a prova de um posto intermediário - 14º - o norte-americano Spencer Pigot, da Ed Carpenter, ficou em quinto, logo à frente do compatriota Josef Newgarden, da Penske e atual campeão da Indy.

Os brasileiros voltaram a ter desempenho discreto. Pietro Fittipaldi, da Dale Coyne, foi o melhor deles, em 11º lugar. Ambos da A.J. Foyt, Tony Kanaan foi o 13º colocado e Matheus Leist ficou na 16ª posição na prova disputada na noite de sábado.

A penúltima etapa da temporada 2018 da Indy vai ser realizada em 2 de setembro, em Portland.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.