Divulgação
Divulgação

Williams anuncia rombo de R$ 190 milhões em 2014

Diretores atribuem prejuízo aos maus resultados em 2013

O Estado de S. Paulo

27 de abril de 2015 | 14h11

A equipe Williams, atual terceira colocada no Mundial de Construtores de Fórmula 1, revelou recentemente um rombo de quase R$ 190 milhões no orçamento da equipe na temporada 2014. Segundo porta-vozes da escuderia, o prejuízo aconteceu por conta do mau desempenho da temporada 2013.

Naquele ano, a equipe britânica terminou o Mundial na nona colocação entre os construtores. Por isso, investiu pesado para a temporada seguinte e, em 2014, terminou apenas atrás da campeã Mercedes e da Red Bull, em 3º lugar, sob o comando de Felipe Massa e Valteri Bottas. A equipe vem mantendo o desempenho na temporada 2015, o que deixa os diretores otimistas.

"A decisão de investir na equipe foi mais do que validada, uma vez que pulamos do nono para o terceiro lugar no campeonato. Em meados de 2014, formulamos uma estratégia ambiciosa para revigorar a equipe e desenvolver nossas demais atividades", disse Mike O'Driscoll, diretor-executivo da Williams.

Com 61 pontos, a equipe inglesa permanece na 3ª posição no Mundial de Construtores, disputando um 2º lugar com a Ferrari. Soberana, a Mercedes tem tudo para terminar mais uma temporada com o título. A próxima etapa da Fórmula 1 será o GP da Espanha, a ser realizado no dia 10 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.