Williams apresenta novo modelo para 2004

A Williams mostrou sua nova cara para 2004. E o modelo FW26 vem com modificações significativas em relação ao do ano passado. A principal delas se refere ao bico dianteiro do monoposto. A alteração trouxe um visual bastante diferenciado ao carro, que alguns especialistas da própria escuderia o batizaram de ?batmóvel?, em referência ao bólido do astro do cinema Batman.Nesta segunda-feira, na apresentação do Williams F1 BMW FW26, no circuito espanhol de Valência, o piloto alemão Ralf Schumacher e o colombiano Juan Pablo Montoya fizeram alguns testes, que já haviam sido iniciados em novembro. Nesta terça-feira, eles voltam a trabalhar no circuito Ricardo Tromo e quarta-feira começam os treinamentos em Jerez de la Frontera, também na Espanha. "Testei alguns novos elementos do FW26 e individualmente os achei um passo à frente, como o motor, a caixa de câmbio e outros componentes menores do carro, mas não menos significativos", comentou Ralf. "Estou mesmo fascinado para ver como eles vão trabalhar juntos".O entusiasmo do alemão é seguido pelo companheiro de escuderia, Juan Pablo Montoya. "A expectativa é grande quanto ao potencial do carro", disse o colombiano. "Eu acredito nos benefícios de poder testar o novo modelo com dois meses de antecedência do início do campeonato (começa no dia 7 de março com o Grande Prêmio da Austrália, em Melbourne)", declarou Montoya, que se despede do time inglês no final da temporada.O fato de já ter fechado contrato para defender as cores da McLaren em 2005 é, segundo ele, algo natural. "Este ano vou me dedicar 100% à Williams", declarou. Após algumas voltas nesta segunda-feira em Valência, Montoya disse ter ficado satisfeito. "Gostei muito, mas é cedo para fazer uma avaliação". Sobre o formato do novo bico, ele compartilhou de muitas outras opiniões. "Eu também o acho estranho, mas vou me acostumar. Afinal, isto não vai fazer diferença nenhuma." Além da asa dianteira, que deu um visual bem diferente ao carro, mas não dos mais bonitos, o FW26 terá um câmbio menor e a cobertura do motor mais alta.O bico do carro foi projetado em razão de a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) ter determinado que as duas lâminas da parte traseira fossem aumentadas. O dono da escuderia, Frank Williams, disse nesta segunda-feira que sente "boas sensações" para esta temporada e ficará decepcionado se não conquistar o título. "Estamos aqui para ganhar, queremos ser os primeiros e espero que este trabalho dê seus frutos", disse Frank. "Dependerá de como o carro vai se comportar, porque nossos pilotos são campeões em potencial."O diretor-técnico Patrick Head também mostrou otimismo. "A Ferrari quase não tem pontos fracos e por isso teremos de fazer o máximo de esforços para superá-la. A ambição da Williams é ganhar o Mundial, o que não conseguimos desde 1997."

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2004 | 09h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.