Sergio Castro/Estadão - 08/11/2014
Sergio Castro/Estadão - 08/11/2014

Williams contrata engenheiro de Button para carro de Massa

Dave Robson, que estava na McLaren desde 2010, vai preparar o carro do brasileiro. Antigo engenheiro vai liderar grupo da fábrica

Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2015 | 09h48

O brasileiro Felipe Massa terá um novo engenheiro de pista na temporada 2015 da Fórmula 1. Nesta segunda-feira, a Williams anunciou a contratação de Dave Robson, que vinha trabalhando com o inglês Jenson Button na McLaren desde 2010, e agora atuará ao lado de Massa. Já Jonathan Eddolls continua sendo o engenheiro de pista do finlandês Valtteri Bottas.

A contratação foi necessária porque Andrew Murdoch, que foi o engenheiro de pista de Massa no último campeonato, foi promovido ao cargo de engenheiro sênior de performance, passando a liderar o grupo de desempenho na fábrica de Grove e o desenvolvimento de novas técnicas e processos na equipe de engenharia. Além disso, ele estará mais focado no carro de Bottas nos finais de semana em que serão disputadas as corridas da Fórmula 1.

A Williams promoveu outras duas mudanças no seu corpo técnico. Carl Gaden, que foi o mecânico-chefe da Williams nos últimos 22 anos, foi promovido a engenheiro de sistemas. Sua antiga função passa a ser exercida por Mark Pattinson, que era o mecânico principal de Massa.

"Depois de uma grande campanha de 2014, a Williams está determinada a continuar nesse embalo positivo para a nova temporada, e essas mudanças recentes mostram nosso compromisso com esse objetivo", disse o diretor técnico da Williams, Pat Symonds.

A Williams terminou o Mundial de Construtores na terceira colocação, enquanto Bottas foi o quarto colocado no Mundial de Pilotos e Massa ficou em sétimo. A temporada 2015 da Fórmula 1 será iniciada em 15 de março com a realização do GP da Austrália no circuito de Melbourne.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.