Williams contrata ex-diretor esportivo da Toro Rosso na F-1

Com a contratação de Steve Nielsen, escuderia quer dar mais um passo em seu franco processo de crescimento na categoria

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2014 | 10h13

A Williams anunciou oficialmente nesta segunda-feira a contratação de Steve Nielsen como seu novo diretor esportivo. O dirigente assumirá o cargo após ter deixado o mesmo posto na Toro Rosso na Fórmula 1, em demissão confirmada último final de semana, quando saiu da diretoria da escuderia baseada em Faenza, na Itália.

Com a contratação de Nielsen, a Williams espera dar mais um passo em seu franco processo de crescimento, depois de ter recuperado o status de grande equipe no cenário da F-1 neste ano, no qual terminou o Mundial de Construtores na terceira posição, ficando atrás apenas da campeã Mercedes e da vice-campeã Red Bull.

Nielsen, de 50 anos de idade, também já foi chefe de equipe na Tyrrell e na Arrows, time extintos da F-1, e atuou como diretor esportivo na Benetton/Renault e na Caterham durante os seus 27 anos de experiência na categoria máxima do automobilismo mundial.

"Estou muito feliz em me juntar a um time com a história e a estatura da Williams no que é um momento muito empolgante para todos em Grove depois de uma temporada 2014 bastante impressionante", disse Nielsen, que depois ressaltou: "Neste papel, poderei ajudar a garantir que a nossa operação na pista mantenha o padrão mais alto e que estejamos maximizando nossa performance na pista na perspectiva esportiva".

Na Williams, Nielsen irá trabalhar com a dupla de pilotos titulares formada por Felipe Massa e Valtteri Bottas. O brasileiro exibiu forte evolução na segunda metade do último campeonato da F1, mas terminou o Mundial apenas no sétimo lugar, com 134 pontos, enquanto o finlandês foi o quarto na classificação geral, com 186 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.