Kerim Oktem/EFE
Kerim Oktem/EFE

Williams é 1.ª a se inscrever para Mundial de 2010 de F-1

Equipe confirma entrega de documentos, mas diz que continua trabalhando por mudanças no regulamento

EFE

25 de maio de 2009 | 11h06

LONDRES - A escuderia Williams confirmou sua inscrição para o Mundial 2010 de Fórmula 1, em meio a um debate sobre o corte orçamentário que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) pretende fazer.

Veja também:

link Mosley diz estar convencido de que Ferrari fica na F-1

O italiano Luca Montezemolo, presidente da Associação de Escuderias da Fórmula 1 (Fota, em inglês), disse na sexta-feira passada, após uma reunião das equipes em Monte Carlo, que apresentaria uma proposta à FIA e reiterou que, caso não se modifique o regulamento, não faria a inscrição para o Mundial.

No entanto, o diretor-executivo da Williams, Adam Parr, declarou que a escuderia "se sente moral e legalmente obrigada" a deixar claro que a equipe seguirá na Fórmula 1.

"Devemos isso a nossos empregados, patrocinadores e torcedores que podem se sentir prejudicados por anúncios de que as equipes não vão participar no próximo ano", afirmou Parr à rede de TV britânica "BBC".

Por enquanto, Ferrari, Renault, Toyota e Red Bull já ameaçaram não participar do Mundial caso a FIA limite a 45 milhões de euros os orçamentos das equipes para 2010.

"Vamos seguir trabalhando com Fota, Eclestone e FIA para alcançar um acordo, mas que ninguém tenha a menor dúvida sobre nosso compromisso com o Mundial de Fórmula 1", assegurou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FIAFotaWilliams

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.