Williams e Ralf Schumacher: acordo difícil

A Williams pode ter uma dupla de pilotos diferente em 2005. A ida de Juan Pablo Montoya para a McLaren é certa e a renovação de Ralf Schumacher anda emperrada: segundo o jornal alemão Bild, não gostou do número de patrocínios pessoais que pode ter, pelo novo contrato oferecido pela equipe. "São questões internas que não posso discutir. Não estou satisfeito e por isso ainda estamos negociando. Não é questão de dinheiro, mas de coisas que precisam ser esclarecidas", disse o alemão, piloto da equipe desde 1999. O empresário Willi Weber insiste que o piloto pode deixar a equipe inglesa porque não faltarão interessados nele. "Há outros carros velozes. Se as condições não forem esclarecidas, não assinaremos. Ralf não fica a pé." Testes - Anthony Davidson (BAR) foi o mais rápido hoje, em Jerez de la Frontera, com 1min26s256, contra 1min26s892 de Felipe Massa (Sauber) e 1min27s003 de Rubens Barrichello (Ferrari). Juan Pablo Montoya (Williams) foi o quinto e Cristiano da Matta (Toyota) o 13º. Como choveu muito, os tempos significam pouco. Com os treinos interrompidos, o espanhol Fernando Alonso, piloto "da casa", recebeu a visita de jogadores de futebol do Sevilla: Esteban, Gallardo e o uruguaio Dario Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.