Williams faz peneira com nova geração

O efeito Jarno Trulli, Jenson Button, Kimi Raikkonen e Felipe Massa contaminou mesmo a Fórmula 1. Impressionado com a velocidade dessa jovem geração, muito pouco experiente mas que representa o futuro da categoria, Frank Williams promoverá a chamada "peneira" com outros meninos de talento, até alguns menores de idade. Eles não irão ganhar nada em especial se comprovarem o que se espera deles, como tornarem-se piloto de testes, mas suas carreiras serão seguidas bem mais de perto.Nico Rosberg, filho do campeão do mundo de 1982 pela própria Williams, o finlandês Keke Rosberg, é um deles. Aos 17 anos, Nico acabou de conquistar o Campeonato de Fórmula BMW, montadora que fornece motor para a Williams, além de patrociná-la.O teste dele será dia 3 de dezembro no circuito da Catalunha, em Barcelona. "Ele fez um excelente trabalho este ano e merece o teste com o nosso carro de Fórmula 1", disse Gerhard Berger, diretor-esportivo da BMW. Nico venceu 7 das 20 etapas da Fórmula BMW.Na mesma semana a equipe inglesa conhecerá mais de perto o italiano Vitantonio Liuzzi, campeão do mundo de kart em 2000, vice-campeão da Fórmula Renault alemã ano passado e que este ano disputou o alemão de Fórmula 3.Fala-se até que Nelsinho Piquet, filho de Nelson Piquet, recém-campeão da Fórmula 3 Sul-americana, poderia também, não agora mas mais para a frente, passar pelo mesmo teste. "Por enquanto, tudo o que recebemos foi o convite formal do Gerhard Berger para o Nelsinho correr em uma ou outra prova da Fórmula BMW", contou nesta quinta-feira o assessor direto de Piquet, Lua. "A preocupação do Nelsinho, agora, é viajar para a Inglaterra, no fim do mês, treinar com vários times da Fórmula 3 britânica, a fim de escolher por qual irá disputar a próxima temporada", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.