Williams retira apoio a torneio paralelo

A Williams anunciou nesta quarta-feira que desistiu de apoiar a criação de um Mundial paralelo na Fórmula 1, unindo-se às equipes Midland, Ferrari, Toro Rosso e Red Bull, depois que os responsáveis pela comercialização dos direitos do campeonato prometeram dar mais dinheiro aos times. Renault, Honda, BMW, Mercedes e Toyota querem a disputa paralela.

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2005 | 21h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.