Wurz substituirá Montoya em San Marino

O ótimo desempenho do espanhol Pedro de la Rosa no GP de Bahrein, dia 3, não foi suficiente para a direção da McLaren mantê-lo como substituto de Juan Pablo Montoya. A equipe anunciou, nesta terça-feira, que o austríaco Alexander Wurz, pilotos de testes como Rosa, vai disputar o GP de San Marino, no fim de semana, em Ímola. Montoya ainda não se recuperou da fratura do omoplata (osso posterior do ombro), resultado de um provável tombo com moto, embora alegue queda durante partida de tênis. "Desde que fui contratado pela McLaren, no término do campeonato de 2000, completei mais de 70 mil quilômetros de testes", disse Wurz, que disputou entre 1997 e 2000 um total de 52 GPs, pela equipe Benetton. Sua melhor colocação foi um terceiro lugar no GP da Grã-Bretanha de 1997. Rosa não escondeu sua decepção: "Depois da corrida que fiz em Bahrein gostaria de ter nova oportunidade." O espanhol largou em oitavo e recebeu a bandeirada em quinto, com belas ultrapassagens. Outra modificação no grid do GP de San Marino é a troca do austríaco Christian Klien pelo italiano Vitantonio Liuzzi, na equipe Red Bull, piloto de testes, e vencedor da etapa de Ímola da Fórmula 3000, ano passada, categoria em que foi campeão. Este ano a Fórmula 3000 será substituída pela GP2 e será no fim de semana, no circuito Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, que começará a temporada. O Brasil terá dois representantes: Nelsinho Piquet e Xandinho Negrão, na equipe Hitech Piquet Sports.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.