Zé Hélio chega em 2.º, mas lidera Rally dos Sertões

O brasileiro Zé Hélio não conseguiu manter a hegemonia na categoria motos do Rally dos Sertões nesta segunda-feira, mas ainda pode comemorar a liderança no geral. Na sexta etapa da competição, que compreendeu o trajeto entre as cidades baianas de Luis Eduardo Magalhães e Mansidão, mais o deslocamento até Barras, o piloto foi superado pelo polonês Jakub Przygonski, que fez o percurso cronometrado de 361 quilômetros em 4h39min04.

AE, Agencia Estado

29 de junho de 2009 | 19h41

Zé Hélio chegou em segundo, com o tempo de 4h41min25, 2min20 a mais que o polonês. A etapa desta segunda-feira foi diferente das cinco anteriores, com os veículos proibidos de receberem consertos de mecânicos, da equipe de apoio e até de pilotos de categorias diferentes. Mesmo com a derrota, Zé Hélio ainda tem 2h24min24 de vantagem para Przygonski no tempo geral das motos. Na chegada a Mansidão, Denísio do Nascimento, também brasileiro, foi o segundo.

Entre os carros, os espanhóis Carlos Sainz e Lucas Cruz venceram a sexta etapa e retomaram a liderança da categoria. Eles percorreram o trajeto em 4h04mim10, superando o piloto Nasser Al-Attyiah, do Catar, e o navegador alemão Timo Gottschalk, que fizeram o tempo de 4h21mim09 e caíram para a segunda posição no geral. Já os brasileiros Riamburgo Ximenes e Stanger Eller terminaram a etapa em terceiro.

Na categoria para caminhões, o trio brasileiro formado por Edu Piano, Solon Mendes e Davi Fonseca venceu mais uma etapa, tendo conquistado todas até agora na competição. Com o tempo de 3h47min38, eles ampliaram a vantagem que têm para Amable Barrasa e Guilherme Signoretti, segundos colocados no geral e na etapa desta segunda. Agora, a diferença entre os líderes da prova já é de 39min57.

O Rally dos Sertões continua nesta terça-feira, com a realização da sétima etapa. Os veículos chegarão agora a Pernambuco, saindo de Barras e percorrendo o trajeto até Petrolina. O rali acaba nesta sexta-feira em Natal, no Rio Grande do Norte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.