Zonta é pole na 2.ª prova em Valência

As chances de Ricardo Zonta definir a conquista do campeonato da Telefonica World Series, neste domingo no circuito Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha, cresceram com o resultado das sessões de classificação, disputadas hoje. Na primeira prova da sétima rodada da competição, amanhã, o piloto paranaense da equipe Gabord larga em segundo, com 1min23s674, ao lado do pole position Ander Vilariño, da Espanha, da Epsilon by Graff, 27 centésimos de segundo mais rápido. Na segunda corrida do dia, Zonta é o pole, com 1min23s200, enquanto o inglês Justin Wilson, campeão da Fórmula 3000 ano passado, da Racing Engineering, 180 milésimos mais lento, sai ao seu lado na primeira fila. A Telefonica World Series tem duas provas a cada etapa do campeonato. Mas o que também interessa a Zonta é a colocação de seus dois adversários na luta pelo título. O belga Bas Leinders, da KTR, segundo na classificação geral com 158 pontos diante de 205 de Zonta, larga em quarto na primeira corrida e em quinto na segunda. E o terceiro no campeonato, o francês Franck Montagny, da Racing Engineering, com 155 pontos, obteve o sétimo tempo para a primeira prova e o oitavo para a segunda. "Como o regulamento exige o descarte de quatro resultados e depois desta etapa restarão as duas últimas no Brasil (dia 1.º de dezembro em Curitiba e 8 em São Paulo), só poderei fazer contas precisas amanhã (domingo), depois da primeira corrida", explicou Zonta. A TV Record transmite amanhã, às 11 horas, um compacto da sétima etapa da categoria, que usa monopostos Dallara, motor Nissan V-6 de 415 cavalos e pneus Michelin slick com as mesmas dimensões dos usados na Fórmula 1. Uma das novidades da competição é o investimento de clubes de futebol nas equipes, como forma de criar identificação com a torcida e despertar o interesse de patrocinadores. Equipe e clube sairiam ganhando. Assim, a Gabord, de Zonta, corre com as cores do Barcelona, cidade-sede do time. Já a KTR, do belga Leinders, defende o Anderlecht, da Bélgica, a Epsilon by Graff, do espanhol Ander Vilariño, divulga o Real Sociedad, de San Sebastian, cidade basca, e a Adrian Campos Motorsport, dos pilotos espanhóis Antonio Garcia e Polo Villaamil, o Valência. "Nossa equipe não tem um departamento de marketing, que vá atrás de novos patrocinadores, por isso, na minha opinião, essa associação com o Barcelona não ajudou no aumento do orçamento", disse Zonta, que até no macacão tem o distintivo do clube. "Mas não tenho dúvida de que está ajudando a levar público aos autódromos. Na etapa anterior a esta, em Barcelona, havia 70 mil pessoas", explica o piloto. Zonta recompensou na pista a parceria com o time catalão, ao vencer as duas corridas no Circuito da Catalunha, dia 29 de setembro. "Fui convidado pelo presidente do clube para jantar e assistir ao jogo, quarta-feira (no Nou Camp, contra o Lokomotiv, de Moscou, pela Champions League)."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.