FIVB
FIVB

Ágatha e Duda encerram parceria com ouro em Itapema; André e George também vencem

Dupla usou a experiência para fechar o jogo em 2 sets a 0, com parciais de 25 a 23 e 21 a 13

Redação, Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2021 | 13h58

A última etapa da temporada do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, realizada em Itapema neste domingo, terminou cheio de representantes do Brasil no pódio. Na disputa feminina, Ágatha e Duda, líderes do ranking, jogaram juntas pela última vez e foram campeãs ao vencerem as compatriotas Taiana e Hege por 2 a 0. Já a final masculina foi encerrada com título de George e André, que fizeram 2 a 0 nos também brasileiros Vitor Felipe e Renato.

A medalha de Agatha e Duda encerrou uma parceria vitoriosa iniciada em 2017. O fim foi anunciado em outubro, quando Duda optou pela separação para iniciar uma nova equipe com Ana Patrícia, até então dupla de Rebecca. "Começamos com uma medalha de ouro e encerramos com uma medalha de ouro. O último torneio do nosso time. É um dia muito especial. Muito feliz", comentou Ágatha, lembrando a vitória em João Pessoa, pelo Circuito Brasileiro, no primeiro jogo que fizeram juntas, em 2017.

Nonas colocadas da Olimpíada de Tóquio, encerrada sem medalhas para o vôlei de praia brasileiro, Ágatha e Duda somaram números expressivos. Apesar da frustração no Japão, foram campeãs do Circuito Brasileiro ainda nesta temporada, assim como do próprio Circuito Mundial, que já haviam vencido em 2018. Elas também têm duas pratas e dois ouros em edições do World Tour Finals.

Na final disputada neste domingo, a dupla usou a experiência para fechar o primeiro set com vitória por 25 a 23, após salvar um set point de Taiana e Hege. O segundo set foi menos disputado, tanto que Ágatha e Duda venceram com oito pontos de vantagem, por 21 a 13.

O pódio feminino poderia ter sido 100% brasileiro, uma vez que Tainá e Victoria, superadas por Taiana e Hege nas semifinais, disputaram o bronze. No fim das contas, elas perderam por 2 sets a 1 para as norte-americanas Cannon e Hughes e ficaram sem a medalha.

A final masculina, que também envolveu duas duplas brasileiras, teve um primeiro set muito disputado, com vitória por 29 a 27 para André e George. No segundo, Felipe e Renato foram dominados e acabaram derrotados por 21 a 17. Essa foi a terceira vez que André conquistou um título jogando em Itapema. A medalha de bronze ficou com os austríacos Huber e Dressler.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.