Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Alison e Bruno Schmidt faturam bronze em etapa chinesa do vôlei de praia

Dupla brasileira sobe ao pódio ao vencer os poloneses Losiak e Kantor em dois sets no Circuito Mundial em Xiamen

Estadão Conteúdo

22 Abril 2018 | 11h02

Em confronto realizado neste domingo, na China, os brasileiros Alison e Bruno Schmidt faturaram a medalha de bronze da etapa de Xiamen do Circuito Mundial de Vôlei de Praia ao venceram na decisão do terceiro lugar da competição os poloneses Losiak e Kantor por 2 sets a 0, com parciais de 21/15 e 21/13.

+ Ágatha e Duda vão à semi na China

+ Mais notícias de vôlei

Atuais campeões olímpicos da modalidade com o ouro obtido nos Jogos do Rio-2016, Alison e Bruno acabaram justificando o favoritismo diante de uma dupla de "fregueses", pois contabilizaram a nona vitória em nove partidas contra a parceria da Polônia.

Foi a primeira medalha conquistada pelos dois brasileiros nesta temporada e a quarta do País neste ano de disputas do Circuito Mundial. As outras vieram com o ouro de Fernanda Berti e Bárbara Seixas na etapa de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, onde Carol Horta e Taiana ainda ficaram com a prata, e também com outro pódio prateado obtido por Maria Elisa e Carol Solberg em Haia, na Holanda.


Neste domingo, Alison e Bruno precisaram de apenas 31 minutos para liquidar Losiak e Kantor, que acabaram exibindo os efeitos do cansaço dos dias anteriores de disputa em Xiamen, conforme destacou Bruno ao comemorar o triunfo.


"Era visível que as duas duplas estavam bastante cansadas fisicamente, encaramos três partidas no dia anterior, o que é bastante para um evento em nível tão alto. Eles começaram impondo um ritmo forte, mas nós sabíamos que teríamos que jogar no nosso limite e esquecer o cansaço. Tivemos sucesso com essa estratégia. Notamos que eles estavam sentindo mais e utilizamos isso em nossa vantagem durante o jogo", afirmou o jogador, por meio de declarações distribuídas pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).


Esse bronze também fará a dupla brasileira somar mais 640 pontos no ranking geral do Circuito Mundial e uma premiação de R$ 34 mil. Ao total, esta parceria formada em janeiro de 2014 agora contabiliza 19 medalhas em 40 eventos disputados, sendo 12 de ouro, quatro de prata e três de bronze.


FEMININO - Já nas disputas finais da chave feminina neste domingo em Xiamen, as brasileiras Ágatha e Duda terminaram a competição em quarto lugar a fracassaram na briga por medalhas. Primeiro elas foram superadas na semifinal pelas canadenses Sarah Pavan e Melissa-Humana Paredes por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 21/14, em apenas 34 minutos. Em seguida, na luta pelo bronze, acabaram derrotadas pelas australianas Artacho e Clancy por 21/18 e 21/17, em 35 minutos.


Ágatha e Duda vinham de quatro vitórias e estavam invictas em Xiamen antes das derrotas deste domingo. Como consolo para as mesmas, elas ganharão 560 pontos no ranking do Circuito Mundiual e um prêmio de cerca de R$ 27 mil.


Outras duas duplas brasileiras que representaram o Brasil nesta etapa chinesa, Carol Solberg/Maria Elisa terminou em nono lugar e Carolina Horta/Taiana ficou no 17º. Na chave masculina, por sua vez, os brasileiros Vitor Felipe e Guto caíram nas oitavas de final diante dos compatriotas Alison e Bruno, enquanto Álvaro Filho e Saymon foram eliminados na mesma fase pelos russos Stoyanovskiy e Velichko.

Mais conteúdo sobre:
vôlei de praia Alison Bruno Schmidt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.