Aniversariante, Dante comemora vitória de 'presente'

A vitória com autoridade da seleção brasileira masculina de vôlei sobre a Polônia não foi a única alegria desta quinta-feira para o ponta Dante. Aniversariante do dia, o jogador viu o triunfo pela segunda fase do Mundial da Itália, por 3 sets a 0, como um "presente" pelos seus 30 anos.

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2010 | 19h49

"Um dia maravilhoso, inesquecível", descreveu Dante. "O presente que eles me deram foi me divertir em quadra", completou o aniversariante, que também lembrou a importância que a derrota para Cuba, na segunda, teve para o triunfo desta quinta. Para isso, recordou até o revés marcante para a modesta Venezuela, nas semifinais do Pan-Americano de Santo Domingo, na República Dominicana, em 2003.

"O mais importante que tem para se fazer é aprender com a derrota. Não cometer os mesmos erros nos próximos jogos. Hoje (quinta) cometemos poucos erros e talvez se tivesse sido assim contra Cuba...", comentou Dante, para quem a derrota para os cubanos serviu para "unir mais ainda (o grupo) e criar mais forças".

O oposto Leandro Vissotto, principal pontuador do Brasil diante da Polônia, com 21 acertos, também acredita que a derrota para Cuba fortaleceu o time. "Aquele jogo de Cuba pesado ajudou a estar preparado para hoje (quinta)", analisou o jogador, grande destaque do duelo contra os atuais vice-campeões mundiais.

O central Lucas, outro que foi bem na partida, já projetou o próximo confronto pelo Mundial, neste sábado, contra a Bulgária, que pode definir os adversários da terceira fase. O jogador ainda tem dúvidas sobre qual será a atitude da equipe diante da situação. "Não sei, isso vai depender do grupo. Eu sempre pensei que o importante é ganhar de todo mundo. Quem vier a gente vai ter que ganhar", opinou.

Sobre a Bulgária, Lucas acredita que a partida terá semelhanças com a desta quinta. "É um time bastante parecido, tem jogadores altos, que bloqueiam bem. Vai ser um jogo bem parecido, tomara que o placar também seja", afirmou o jogador do Brasil, que já pode se classificar de forma antecipada caso os búlgaros vençam a Polônia, nesta sexta.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiMundialBrasilPolôniaDante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.