Gaspar Nobrega/Inovafoto/CBV
Gaspar Nobrega/Inovafoto/CBV

Após amistoso, Renan convoca seleção masculina de vôlei para Liga das Nações

Destaque para competição fica para o nome de Murilo, que agora atua como líbero

Estadão Conteúdo

16 Maio 2018 | 13h02

O técnico Renan Dal Zotto anunciou nesta quarta-feira a lista de convocados da seleção brasileira masculina de vôlei para a disputa da Liga das Nações. A relação conta com 21 nomes para a primeira competição da equipe em 2018, sendo que a estreia está marcada para 25 de maio, contra a Sérvia, no país do adversário.

+ Zé Roberto pede melhora na defesa da seleção feminina de vôlei

+ Sem campeões olímpicos, Brasil define duplas para etapa do vôlei de praia em SC

Renan convocou os levantadores Bruno, William e Thiaguinho; os opostos Wallace, Evandro e Alan; os centrais Maurício Souza, Lucão, Otávio, Éder e Isac; os ponteiros Lipe, Maurício Borges, Douglas Souza, Lucas Lóh, Rodriguinho, Léo e Victor Cardoso, e os líberos Thales, Murilo e Tiago Brendle.

A relação de convocados foi anunciada no dia seguinte ao primeiro compromisso do Brasil em 2018, o triunfo por 3 sets as 1 sobre a China em Taubaté, na noite de terça-feira. A cidade do interior paulista será o palco de mais um amistoso entre as equipes nesta quinta-feira, às 19 horas.

"A definição dos 21 foi feita em cima de rigorosos critérios estatísticos, de perspectiva de futuro, de experiência, e amanhã temos mais uma partida para colocar o maior número de atletas em condição de jogo. A Liga das Nações é uma competição longa e devemos precisar de todos", disse o treinador da seleção.

Renan apontou a importância desses compromissos na preparação do Brasil para as competições da temporada. "Os dois amistosos servem para administrar os jogadores e ver os mais novos. Tivemos atletas que vestiram a camisa da seleção brasileira adulta pela primeira vez e um deles jogou boa parte do tempo, que foi o Léozinho, e que foi muito bem. Essa mescla de jogadores mais experientes, com outros mais jovens é algo que eu gosto muito e que tem tudo para dar certo", comentou.

Em Kraljevo, na primeira semana da Liga das Nações, o Brasil, além da Sérvia, vai encarar a Itália e a Alemanha, nos dias 25 e 26, respectivamente. Na semana seguinte, em 1º, 2 e 3 de junho, a seleção jogará em Goiânia contra Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos. Nas outras semanas da fase de classificação, a equipe atuará na Rússia, na Bulgária e na Austrália. A fase decisiva ocorrerá entre 4 e 8 de julho na França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.