Reprodução/Facebook/CBV
Reprodução/Facebook/CBV

Após Bia, Osasco anuncia Mara, central da seleção, para próxima temporada

Jogadora, que defende o Brasil na Liga das Nações, destaca tradição da nova equipe na modalidade

Redação, Estadão Conteúdo

11 de junho de 2019 | 23h39

Um dia após se reforçar com Bia, o Osasco-Audax (SP) anunciou mais um reforço para o meio de rede e que está na seleção brasileira feminina de vôlei. Nesta terça-feira, a equipe paulista anunciou a contratação de Mara, que vem disputando a Liga das Nações.

"Osasco é um time de muita tradição. Em todos os clubes que joguei, sempre foi respeitado, porque é um clube que chega nas finais, constantemente um dos melhores do Brasil. Estou bem feliz e confiante com o novo desafio. Vou dar o máximo, meu 100%, e tenho certeza que essa temporada vai ser maravilhosa. Estou super ansiosa para jogar no Liberatti", disse Mara.

Mara é o terceiro reforço do Osasco para a próxima temporada do vôlei de clubes, pois antes dela e de Bia, o time também havia anunciado a levantadora Roberta. Além disso, também renovou os contratos das líberos Camila Brait e Kika também já renovaram.

Mara, de 1,92 metro de altura e 27 anos, foi campeã da última edição da Superliga pelo Minas, exatamente o time que eliminou o Osasco nas semifinais. Agora, será comandada pelo técnico Luizomar de Moura, a quem a central não economizou nos elogios.

"Tenho muitas coisas para melhorar e tenho certeza que terei um período de grande aprendizado, especialmente com o Luizomar, que é um excelente técnico, bastante experiente. Também vou crescer como pessoa, pois em todo lugar, conhecemos coisas novas. Estou muito feliz porque Osasco não é simplesmente um clube, é uma casa. Todo mundo que passou pela equipe fala muito bem das pessoas, da torcida, da comissão técnica. Certamente vestir essa camisa será um dos maiores presentes que recebi na vida", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.