William Lucas/CBV
William Lucas/CBV

Após posts de Maurício Souza, Minas diz rejeitar manifestações homofóbicas

'A agremiação salienta que as opiniões do jogador não representam as crenças da instituição sócio desportiva', escreveu o clube mineiro

Redação, Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2021 | 23h12

O Minas Tênis Clube se manifestou publicamente nesta segunda-feira sobre as declarações dadas pelo jogador Maurício Souza, da equipe mineira e da seleção brasileira, na semana passada. O atleta havia criticado o anúncio da editora DC Comics em lançar história em que o Super-Homem se declararia bissexual.

"'Ah, é só um desenho, não é nada demais'. Vai nessa que vai ver onde vamos parar", declarou o jogador, nas redes sociais, acompanhado de um print da notícia. "Hoje em dia o certo é errado e o errado é certo... Não se depender de mim. Se tem que escolher um lado eu fico do lado que eu acho certo! Fico com minhas crenças, valores e ideias", declarou, em outro post após receber críticas de seguidores.

Em comunicado, o clube indicou não ter aprovado as declarações do seu atleta. "O Minas Tênis Clube está ciente do posicionamento público do atleta Maurício Souza, do Fiat/Gerdau/Minas. Todos os atletas federados à agremiação têm liberdade para se expressar livremente em suas redes sociais. O clube é apartidário, apolítico e preocupa-se com a inclusão, diversidade e demais causas sociais", registrou o Minas.

"Não aceitamos manifestações homofóbicas, racistas ou qualquer manifestação que fira a lei. A agremiação salienta que as opiniões do jogador não representam as crenças da instituição sócio desportiva. O Minas Tênis Clube pondera que já conversou com o atleta e tem orientado internamente sobre o assunto", completou o clube, no comunicado.

As declarações de Maurício Souza geraram repercussão rápida não apenas nas redes sociais. Seu colega de seleção Douglas criticou o seu post. "Engraçado que eu não virei heterossexual vendo os super-heróis homens beijando mulheres. Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade pra sua heterossexualidade frágil. Vai ter beijo, sim. Obrigado, DC, por pensar em representar todos nós e não só uma parte", escreveu Douglas, que virou sensação na Olimpíada, em suas redes sociais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.