Após terremoto, FIVB confirma Grand Prix no Japão

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) confirmou neste sábado que vai manter no Japão a disputa de algumas partidas do Grand Prix deste ano, em agosto. A entidade garantiu que os estragos causados pelo terremoto seguido de tsunami que atingiu o país, em março, não prejudicará a disputa do torneio feminino de seleções.

AE, Agência Estado

21 de maio de 2011 | 20h04

A confirmação da sede do Grand Prix foi anunciado após uma reunião com dirigentes japoneses, que assegurou as disputas nas cidades de Tóquio e Komaki. Segundo o vice-presidente da FIVB, Theofanis Tsiokris, o país-sede garantiu "segurança total para atletas e dirigentes".

A cidade de Komaki receberá partidas do próprio Japão, Estados Unidos, Sérvia e República Dominicana, entre os dias 12 e 14, enquanto Tóquio será sede de jogos envolvendo também a Sérvia, Coreia do Sul e Rússia, entre 19 e 21 de agosto.

O Grand Prix será disputado entre os dias 5 e 21, com as finais em Macau, na China, entre 24 e 28. A seleção brasileira jogará na Coreia do Sul, Casaquistão e Tailândia.

Neste domingo, a FIVB vai decidir se manterá o Japão como país-sede da Copa do Mundo, masculina e feminina, que serão disputadas em novembro deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiGrand PrixJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.