Ranck Robichom/EFE
Ranck Robichom/EFE

Após título, seleção de vôlei chega nesta terça ao Rio

Sheilla e Fabiana, destaques da conquista brasileira, destacam a superação do grupo no Grand Prix

24 de agosto de 2009 | 18h20

A seleção brasileira feminina de vôlei, que faturou no último domingo pela oitava vez na história o Grand Prix, já deixou Tóquio (Japão) e chega nesta terça-feira ao Rio de Janeiro trazendo troféu e medalhas de ouro na bagagem.

Veja também:

linkBrasil e Holanda se destacam na premiação

linkBrasil vence Grand Prix e mantém hegemonia

especialESPECIAL - Os títulos do Brasil no Grand Prix

mais imagens GALERIA DE FOTOS - Imagens da conquista

tabela GRAND PRIX - Calendário e classificação

De acordo com a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), na saída do hotel na capital japonesa muitas pessoas esperavam para tirar fotos com as campeãs. As mais assediadas foram Sheilla, eleita a melhor atleta da competição, e Fabiana, dona do bloqueio mais eficiente.

As duas atletas ressaltaram a superação do grupo em um momento de cansaço. Antes do Grand Prix, o Brasil já havia ganhado três campeonatos na temporada 2009: o Torneio de Montreux, na Suíça, a Copa Pan-Americana, nos Estados Unidos, e o Pré-Mundial, em Minas Gerais.

"Não tem nada melhor do que ganhar mais um título. Esse foi um Grand Prix desgastante. Todas nós estávamos muito cansadas, mas conseguimos superar esse cansaço. Demonstramos que o grupo é muito unido", declarou Fabiana.

"Para mim esse foi o Grand Prix mais difícil. Vencemos na base da superação do cansaço e da força do grupo", destacou Sheilla.

Agora, a seleção feminina volta a entrar em quadra em 7 de setembro, quando participa do Final Four em Lima, no Peru.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.