João Pires / Fotojump
João Pires / Fotojump

Bauru bate Osasco e é campeão invicto do Paulista Feminino de Vôlei

Time bauruense repete vitória por 3 sets a 2 nesta segunda-feira e conquista o título

Estadão Conteúdo

05 Novembro 2018 | 22h38

O Paulista Feminino de Vôlei tem um novo campeão. Nesta segunda-feira, o Bauru conquistou o título pela primeira vez em sua história ao derrotar o Osasco por 3 sets a 2 - com parciais de 25/15, 15/25, 21/25, 28/25 e 15/12 -, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), pelo segundo jogo da decisão. Na primeira partida, na sexta passada, em Osasco (SP), o time bauruense já havia ganhado também por 3 a 2.

Com o resultado positivo, o Bauru conseguiu a inédita façanha de ser campeão de forma invicta. Foram nove vitórias em nove partidas - cinco na fase de classificação, duas nas semifinais contra o Pinheiros e duas contra o Osasco na final.

Como era de se esperar, o Bauru contou com mais uma grande atuação de sua melhor jogadora: a ponteira/oposta Tifanny, a primeira transexual brasileira a entrar em quadra em uma partida da elite do vôlei nacional. Outro destaque foi a oposta italiana Valentina Diouf, com passagens pela seleção de seu país.

O título do Bauru impediu uma marca histórica do Osasco, que buscava a sétima conquista de forma consecutiva no Paulista. O time da Grande São Paulo não pôde contar nesta decisão com a sua principal contratação para a temporada: a norte-americana Destinne Hooker, que chegou para o lugar de Tandara e ainda está sem condições físicas.

Com o fim do Paulista, as duas equipes voltam as suas atenções para a disputa da Superliga Feminina, que tem o seu início marcado para o próximo dia 16. Na primeira rodada, o Bauru enfrentará o Barueri, em casa. Já o Osasco encarará o São Caetano, em São Caetano do Sul (SP).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.