Divulgação/VipComm
Divulgação/VipComm

Bernardinho busca mais entrosamento para a seleção

Treinador descata importância da união entre jovens talentos e os jogadores já consagrados

14 de julho de 2009 | 17h06

O técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardinho, disse nesta terça-feira em São Paulo que, após o bom desempenho na fase classificatória da Liga Mundial - o time garantiu vaga de forma antecipada para as finais - a equipe busca entrosamento para atingir "o nível mais competitivo possível". Ele destacou a importância de unir os novos talentos a jogadores já reconhecidos.

"Temos alguns jogadores veteranos muito importantes e a expectativa é grande porque os resultados inicias foram bons. A gente precisa de mais entrosamento, mas logo teremos um grupo mais preparado, no nível mais competitivo possível. O grupo anterior teve oito anos brilhantes. Agora chegam jogadores novos, mas com muito mais energia", disse o treinador.

Para Serginho, que esteve com a seleção na conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004) e de prata em Pequim (2008), os novos jogadores mostraram bom desempenho e muita vontade.

"O time mostrou bom desempenho, a gente sabe que os jogos vão ficar cada vez mais difíceis", disse o atleta, que evita fazer previsões sobre as próximas competições. "O importante é ganhar cada dia. Ainda tem muito chão até 2012."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.