Stringer/Efe
Stringer/Efe

Bernardinho critica excesso de erros do Brasil

A seleção conseguiu sua segunda vitória seguida, mas perdeu um set para a Espanha

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2010 | 20h47

O triunfo sobre a Espanha por 3 sets a 1, neste domingo, não tranquilizou Bernardinho. Após a segunda vitória consecutiva da seleção brasileira no Mundial da Itália, o treinador se queixou do excesso de erros cometidos por sua equipe - foram 34 ao todo, dois a mais do que os adversários.

"Precisamos diminuir esse número de erros. Contra equipes mais fortes, não é aceitável, não é possível vencer com tantas falhas", criticou o treinador, ainda precisando de muletas para se locomover por conta da cirurgia que realizou no tendão de Aquiles do pé esquerdo, há um mês. "Mas tivemos méritos de vencer. Precisamos trabalhar mais as bolas e arriscar menos".

Destaque brasileiro com 16 pontos, nove apenas de bloqueio, Rodrigão elogiou o desempenho da seleção brasileira no fundamento. "Conseguimos marcar bem o ataque da Espanha. Isso acontece quando a gente consegue se antecipar nas bolas", comemorou o jogador, lembrando que o Brasil terminou com 18 pontos de bloqueio.

Para o técnico da Espanha, Júlio Velasco, o poder de superação dos brasileiros foi determinante para a derrota de sua equipe. "Temos muito a aprender com o Brasil, especialmente a grande habilidade que apresenta quando são obrigados a lidar com situações imprevisíveis", avaliou o argentino, que dirigiu a Itália na conquista dos títulos mundiais de 90 e 94.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiMundialBrasilBernardinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.