Bernardinho já prepara a renovação

No comando da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardo Rezende, o Bernardinho, terá pela frente um desafio semelhante ao que teve há sete anos, quando assumiu a seleção feminina: conseguir bons resultados e ao mesmo tempo, reformular o já desgastado time brasileiro. Se a intenção realmente for renovar, a busca não será tão árdua. Bernardinho poderá contar com atletas como Ezinho, André e Henrique, do líder invicto Telemig/Minas, e Dante, Enoch, Rodrigão e Bozquinho, do Fenabb-Suzano, todos com menos de 23 anos.Leia matéria completa no JT

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.