Bernardinho: não quero fazer escolha

Bernardinho foi eleito o melhor técnico do ano pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e vai receber o prêmio, no Rio, dia 17, data do primeiro aniversário de sua filha com Fernanda Venturini, Júlia. Isso, se o treinador que levou a seleção brasileira masculina de vôlei à conquista inédita do título mundial, na Argentina, não tiver compromissos em sua lotada agenda. Quando não está com a seleção, Bernardinho se divide entre a família ? tem um filho também com Vera Mossa, Bruno ?, a coordenação do vôlei do Rexona, palestras e eventos. Prepara, ainda, um livro sobre gerenciamento de pessoas ? tema de suas palestras.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.